Header Ads

Alckmin filia-se ao PSB e poderá ser o vice de Lula

Durante seu discurso, Alckmin citou a relação com Lula, dizendo que, mesmo quando foram rivais em 2006, nunca deixaram de priorizar a democracia

Alckmin exibe filiação (Foto: Cristiano Mariz/Agência O Globo)
São Paulo (SP) - O ex-governador do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin se filou ao PSB nesta quarta-feira, 23. A cerimônia aconteceu em Brasília e contou com a presença de fortes nomes do partido. Flávio Dino, governador do Maranhão, João Campos, prefeito de Recife, e o deputado Bira do Pindaré (MA), discursaram durante o evento. Além deles, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, também discursou no evento. “Este ato de filiação tem imenso significado para o futuro do Brasil. […]  PT e PSB tem trajetória comum na luta pela democracia e na construção de um país melhor e mais justo para o povo brasileiro”, disse Gleisi. A chegada de Alckmin chega em meio às expectativas do anúncio do ex-governador como vice na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para a corrida presidencial de 2022. Até o momento, a chapa não foi oficializada, embora os dois admitam a existência de conversas.

Durante seu discurso, Alckmin citou a relação com Lula, dizendo que, mesmo quando foram rivais em 2006, nunca deixaram de priorizar a democracia e criticou aqueles que “agridem” o STF e os que desconfiam dos resultados da urna. “Nunca colocamos em risco a questão democrática. O debate era de outro nível. Nunca se questionou a democracia. […] A primeira tarefa nossa é combater a mentira, porque ela é o que há de pior para o regime democrático. Aqueles que criticam, que desconfiam e agem de maneira displicente em relçao ao resultado das eleições estão ofendendo a democracia. […] Os que agridem o Supremo Tribunal Federal estão agredindo a democracia”, disse Alckmin. Em seguida, o ex-governador parabenizou o PSB por apoiar Lula no pleito de 2022. “É ele. Temos que ter os olhos abertos para enxergar e a humildade para entender que ele é hoje aquele que melhor representa o sentimento de esperança do povo brasileiro e a democracia”, continuou Alckmin, exaltando a figura de Lula.

Da Jovem Pan
Publicada por F@F em 23.03.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.