Header Ads

Bolsonaro admite disputar reeleição 'se não tiver uma boa reforma política'

Presidente havia dito durante campanha que iria acabar com reeleição. 'Se o povo quiser, estamos aí para continuar mais quatro anos.'

Presidente fala na Marcha Para Jesus (Foto: Da Net)
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) admitiu nesta quinta-feira (19) que pode disputar a reeleição em 2022, caso não seja aprovada "uma boa reforma política".

Após discursar na Marcha Para Jesus, tradicional evento evangélico realizado na Zona Norte de São Paulo, Bolsonaro deu entrevista, e um repórter perguntou: "Presidente, o senhor vai tentar a reeleição?".

"Se tiver uma boa reforma política eu posso até nesse caldeirão jogar fora a possibilidade de reeleição. Agora se não tiver uma boa reforma política e, se o povo quiser, estamos aí para continuar mais quatro anos", respondeu Bolsonaro.

Mais cedo, quando visitou a cidade de Eldorado (SP), onde passou a infância, Bolsonaro fez uma alusão indireta à possibilidade ser reeleito. “Meu muito obrigado a quem votou e quem não votou em mim. Lá na frente, todos votarão, tenho certeza”, afirmou em discurso.

Durante a campanha eleitoral, em entrevista ao Jornal Nacional, em 20 de outubro, Bolsonaro falou em acabar com a reeleição, inclusive para ele próprio, caso vencesse a disputa. "Pretendo fazer, vou conversar com o parlamento também, é ter uma excelente reforma política. Você acabar com o instituto da reeleição. No caso, começa comigo se eu for eleito", afirmou na época.

Do G1
Publicada por F@F em 20.06.19, às 20h40

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.