Header Ads

Goleada do Campinense na última rodada pode ter sido manipulada

A CBF respondeu que está apurando as informações antes de se manifestar. Nenhum dos dois clubes responderam aos contatos do UOL

Campinense ganhou do Vitória-PE (Foto: MaisPB)
A vitória do Campinense na última quinta-feira (6), quando goleou o Vitória-PE por 4×0 no Amigão, em Campina Grande, está na mira de torcedores e apostadores, que acreditam que o resultado tenha sido manipulado. A partida foi válida pela última rodada da Série D do Campeonato Brasileiro para ambos os clubes, já que estavam matematicamente eliminados. Segundo o repórter Sérgio Rangel, do site UOL, o caso irá até o Ministério Público.

Em aplicativos de mensagens, torcedores comentaram que integrantes de uma rede de manipulação de resultados “compraram o jogo do Campinense”. Em um áudio, é possível ouvir um torcedor afirmando que a partida seria 4×0, antes mesmo do apito final, e que “Pezão comprou esse jogo”.

José Pereira, o Pezão, assumirá na próxima semana o cargo de diretor de futebol da Raposa. A reportagem do UOL tentou entrar contato com Pezão, mas não obteve sucesso.

No mesmo áudio, a pessoa diz que foi aconselhado a apostar em um placar elástico para o clube de Campina Grande, pois ouviu que o “jogo vai ser 4×0 para o Campinense”.

Em outro áudio obtido pelo site, outra pessoa informa que a partida não estava disponível para apostas nos sites baseados em Campina Grande e que um amigo realizou a aposta em uma casa de apostas no Pará e ganhou “dinheiro com força”.

“Antes de começar o jogo, todas as bancas de Campina Grande, Paraíba, não estavam com o jogo do Campinense na aposta. Um amigo meu jogou ‘numa’ banca lá no Pará, e ganhou dinheiro com força”, diz o relato.

Em um comunicado emitido ainda na noite da quinta-feira, data da partida, a casa de apostas “Bets Esportes” informou que o resultado do jogo foi manipulado e informava aos seus clientes que devolveria o valor das apostas. A “Bets Esportes” é uma casa de apostas que opera ilegalmente no Brasil.

A reportagem procurou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que organiza o Campeonato Brasileiro da Série D, o Campinense e o Vitória-PE. A CBF respondeu que está apurando as informações antes de se manifestar. Nenhum dos dois clubes responderam aos contatos do UOL.

Por Bruno Marinho – MaisPB
Publicada por F@F em 08.06.19, às 17h29

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.