Header Ads

VÍDEO! Raniery mostra voto contra a Cruz Vermelha e dossiê sobre a Operação Calvário

Deputado mostra, na tribuna da ALPB, pasta preta que, segundo ele, possui vários documentos da Operação Calvário

Deputado Raniery Paulino (Foto: Assessoria)
O deputado estadual Raniery Paulino, líder da oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba, faz uma retrospectiva sobre o maior escândalo de corrupção na Paraíba. Além de apresentar 'pasta preta" da Operação Calvário, o parlamentar divulga vídeo de seu voto contra a contratação da OS Cruz Vermelha pelo Governo do Estado.

Em 2011, Raniery votou contrário a instalação da Organização Social Cruz Vermelha no Hospital de Trauma “Senador Humberto Lucena”, em João Pessoa. Sendo  integrante da Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa na época, o parlamentar revelou  seu voto baseado em dados técnicos e jurídicos, dizendo ser contra a contratação da Cruz Vermelha proposta pelo Governo do Estado em 2017, onde o governador da Paraíba era Ricardo Coutinho (PSB).

"Votei contra e votaria novamente, pois via que aquela transação, tão propagada e contratada pelo então governador Ricardo Coutinho (PSB), não poderia dá certo. Como estamos vendo agora, com a ação desenvolvida pelo Gaeco (MP), onde um montante de mais de um bilhão de reais foi aplicado de forma irregular", disse.

Mostrando que o deputado Raniery Paulino estava correto quando foi contrário a instalação da Cruz Vermelha. Na Paraíba, deu inicio em 2018  a Operação ‘Calvário’ que, em um esforço investigativo, foi possível identificar desvios de milhões em recursos públicos da saúde, no período entre julho de 2011 até os tempos atuais .

 Conforme informações do Gaeco, a operação investiga uma organização criminosa, comandada por Daniel Gomes da Silva, que é responsável por desvio de recursos públicos, corrupção, lavagem de dinheiro, peculato através de contratos firmados junto a unidades de saúde do Estado, na ordem de R$ 1,1 bilhão.

Na operação desencadeada na quinta fase nesta semana, já foram diversas pessoas presas e vários mandados de busca e apreensão, onde a  maioria fazia parte do Campo Girassol.

Com isso, e atento a tudo que estava por vir,  Raniery passou anexar todos os documentos sobre o maior caso de propensos desvios de finalidade na contratação da OS Cruz Vermelha, e quando foi deflagrado a quinta fase, o parlamentar  chegou ao plenário da casa de Epitácio Pessoa com uma Pasta Preta, diga-se de passagem bastante volumosa. “Essa ‘pastinha’ tem todas as denúncias trazidas pela Operação Calvário, com documentos, prisão, mandados de busca e apreensão.

Veja vídeo do voto-vista de Raniery Paulino


Da Assessoria
Publicada por F@F em 12.10.19, às 18h

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.