Header Ads

João confirma ausência em debate da Executiva Nacional do PSB

Governador cumprirá agenda em São Paulo, onde participará de reunião com empresários interessados em investir na Paraíba, na Bolsa de Valores

Governador João Azevêdo (Foto: Wscom)
O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), confirmou, nesta quinta-feira (28), que não irá comparecer ao debate sobre a ‘autorreforma’ do sistema político, promovido pela Executiva Nacional do PSB, a partir de hoje e até o próximo sábado (30), no Rio de Janeiro. O chefe do Executivo Estadual afirmou que compromissos pré-agendados o impedem de estar presente no evento.

Além da entrega nesta quinta-feira das obras de reforma e ampliação do tradicional Complexo Educacional Pedro Augusto Porto Caminha – EEPAC, localizado no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa, o governador afirmou que viajará a São Paulo nas próximas horas. Nesta sexta-feira (29), ele participará de reunião com empresários e executivos da Bolsa de Valores, interessados em investir na Paraíba.

“Na próxima sexta-feira estarei na Bolsa de Valores, em São Paulo, apresentando o Estado da Paraíba para um grupo de empresários que querem fazer investimentos por aqui. Eu acho que é mais importante para a Paraíba, nesse momento, a minha participação, enquanto responsável por manter a economia do Estado avançando, fazendo com que a economia do Estado se mantenha estável”, justificou.

“Vamos injetar agora quase que R$ 1 bilhão na economia com o pagamento de três folhas em menos de 30 dias, isso é que é fundamental. Essa minha participação já estava agendada. A vice-governadora [Lígia Feliciano] foi quem fez o elo de ligação entre a Bolsa de Valores e a minha participação. Era para ter acontecido antes, mas por conta da minha viagem à Europa ficou para esta sexta”, complementou.

João Azevêdo ainda negou que a sua ausência no debate e na instância partidária possa influenciar, ainda mais, a grave crise política que assola o PSB na Paraíba. “Não interpreto dessa forma, a minha decisão de ficar ou não no PSB não interfere no meu foco que é a gestão deste Estado”, disse o governador que voltou a confirmar que, ‘provavelmente’ irá deixar a legenda.

Questionado quantos partidos haviam o procurado para consulta-lo sobre uma possível filiação, João Azevêdo não citou siglas ou quantidades, apenas que foram ‘muitos’.

Do Wscom
Publicada por F@F em 28.11.19, às 15h35

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.