Header Ads

Oposição pedirá cassação de Eduardo Bolsonaro

Maia concordou que a fala de Eduardo é passível de punição

Eduardo Bolsonaro (Foto: Reprodução)
O líder dos partidos da oposição na Câmara, deputado Alessandro Molon, vai apresentar um pedido de cassação no Conselho de Ética da Casa contra Eduardo Bolsonaro por ter defendido um novo Ato Institucional nº 5 , que restringiu os direitos políticos e civis e mergulhou a ditadura militar em seu período mais sombrio.

A declaração de Eduardo foi dada à jornalista Leda Nagle, em seu canal no YouTube.

O pedido será formalizado na terça-feira.

“É inaceitável que um deputado que jurou defender a Constituição ameace o país com a volta da ditadura. Isso é quebra de decoro e causa para cassação de mandato”, afirmou Alessandro Molon , líder da oposição.

Rodrigo Maia concordou que a fala de Eduardo defendendo um novo AI-5 é passível de punição.

“O povo brasileiro não aceita e não tolera o fim da democracia. O presidente e sua família foram eleitos pela via democrática e juraram defendê-la. E democracia não combina com AI-5 ou qualquer outra medida autoritária”, afirmou Molon.

De Época Globo
Publicada por F@F em 01.11.19, às 01h30

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.