Header Ads

Ricardo defende Glen Greenwald sobre agressões de Augusto Nunes

Durante o Pânico, Glenn chamou Nunes de covarde por conta de comentários que o jornalista fez sobre seus filhos com o deputado David Miranda

Ex-governador Ricardo Coutinho (Foto: PB Agora)
Ao comentar a agressão do jornalista Augusto Nunes, da Record, a Glenn Greenwald, do The Intercept, durante uma participação no programa Pânico, da Jovem Pan nesta ontem (7), o ex-governador e atual presidente da Fundação João Mangabeira Ricardo Coutinho (PSB) saiu na defesa de Glenn. Para o socialista a atitude de Augusto Nunes é um reflexo dos tempos intolerantes.

“A atitude do jornalista Augusto Nunes é um reflexo dos tempos intolerantes e violentos que estamos vivendo. Ações como essas não podem ter espaço num país democrático como o nosso. Força à família do jornalista Glenn Greenwald, alvo de tantas fake news e perseguições”, disse RC por suas redes sociais. Veja: https://www.instagram.com/tv/B4kzKhNA7Wk/?igshid=cd440mwpzj6u

Entenda o caso – Antes do programa, o americano chegou a tuitar que estava feliz porque teria oportunidade de questionar Nunes frente a frente. “Acabei de chegar no Jovem Pan pra fazer @programapanico e descobri que @augustosnunes – que disse que um juiz de menores deve investigar a remoção de nossos filhos – vai participar. Tô muito feliz pq tenho muitas perguntas pra ele”, escreveu.

Durante o Pânico, Glenn chamou Nunes de covarde por conta de comentários que o jornalista fez sobre seus filhos com o deputado David Miranda. Nesse momento, os dois se levantam exaltados e ficam próximos fisicamente. Nunes acaba dando um tapa no rosto do outro jornalista. O programa foi interrompido depois da confusão, mas foi retomado em seguida, sem a presença de Nunes.

Da Redação do PB Agora
Publicada por F@F em 08.11.19, às 12h25

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.