Header Ads

Capela em Esperança, PB, se torna patrimônio histórico e cultural da Paraíba

Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que se tornou um dos pontos turísticos da cidade, tem capacidade para até 4 pessoas. Lei foi publicada no DOE desta quarta-feira

A capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no município de Esperança, no Agreste paraibano, se tornou Patrimônio Histórico e Cultural do Estado da Paraíba. A lei foi publicada na edição desta quarta-feira (11) do Diário Oficial do Estado (DOE). A capela, que tem cerca de 10 metros de altura e espaço para até 4 pessoas, foi inaugurada em 1º de janeiro de 1925.

Capela, que tem cerca de 10 metros de altura e espaço para até 4 pessoas, foi inaugurada em 1º de janeiro de 1925 (Foto: Gustavo Xavier/TV Paraíba)
O projeto de lei é de autoria do deputado Anderson Monteiro (PSC). A capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro fica localizada em cima do lajedo conhecido como Araçá, na rua Barão do Rio Branco. A capela é cenário para celebração de novenas nas terças-feiras e missas, que acontecem uma vez por mês na frente do santuário.

Capela construída em 1925

Segundo relato de historiadores, no final do século XIX, houve um grande surto de cólera na região, causando uma pandemia na cidade de Esperança. Uma senhora chamada Esther Rodrigues, conhecida como “Dona Niná”, e esposa do ex-prefeito do município, Manuel Rodrigues de Oliveira, teria feito uma promessa e preconizado o fim do surto. Alcançada a graça, em 1925 ela construiu a capela, que se tornou um dos pontos turísticos da cidade.

Do G1 PB
Publicada em 12.12.19, às 01h17

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.