Header Ads

Oposição vai à Justiça para suspender tramitação de reforma

O emedebista comparou a matéria com a Reforma da Previdência do Governo Federal e garantiu que as medidas na Paraíba serão mais “duras” com as categorias atingidas

Raniery Paulino, líder da oposição na ALPB (Foto: MaisPB)
A oposição ao governo João Azevêdo vai entrar com uma Medida Cautelar para suspender a tramitação da reforma da Previdência na Assembleia Legislativa da Paraíba. A informação é do líder da bancada, Raniery Paulino (MDB). A tramitação da matéria tem gerado discussões acirradas entre os parlamentares de situação e oposição.

“Eu não encontrei outro caminho. Entrei com uma cautelar para suspender essa tramitação para que a gente faça o debate. Espero que o Tribunal de Justiça tenha essa compreensão para fazer a discussão. É o que queremos, discutir e debater”, afirmou.

Raniery alega que estão sendo desrespeitados os prazos regimentais da Casa e para apresentação de emendas.

“Os prazos cessariam na próxima sexta-feira e a Comissão de Constituição e Justiça já começou a fazer deliberação e já colheu o voto do relator. É um absurdo por completo”, pontuou.

O emedebista comparou a matéria com a Reforma da Previdência do Governo Federal e garantiu que as medidas na Paraíba serão mais “duras” com as categorias atingidas.

“A Reforma da Previdência de Bolsonaro foi dura, mas a de João é muito mais dura. Eu não sei tudo que está aqui porque é muito complexa essa matéria”, destacou o parlamentar.

Por Roberto Targino e Wallyson Bezerra – MaisPB
Publicada por F@F em 11.12.19, às 12h59

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.