Header Ads

Imagens de câmeras devem confirmar quem atropelou pedreiro

Casal ocupava automóvel que atingiu a vítima. Na ocorrência, a mulher se apresentou como condutora do veículo

Pedreiro foi atropelado (Foto: TV Correio)
A Polícia Civil, através da Delegacia de Acidentes de Veículos de João Pessoa, investiga o caso do atropelamento do pedreiro Walmir Pedro de Brito, de 43 anos, ocorrido na manhã dessa quarta-feira (1º), no bairro Quadramares, na Zona Leste da Capital. Um casal ocupava o automóvel que atingiu a vítima. Agentes estão nas ruas em busca de imagens de câmeras de segurança que possam indicar se o condutor do carro era o homem ou a mulher.

Na ocorrência, a mulher se apresentou como condutora do veículo. Ela foi submetida a teste do bafômetro, que constatou que ela não havia ingerido bebida alcoólica.

Segundo a delegada Cléa Lúcia, além da busca pelas imagens, a Polícia Civil também apura informações com testemunhas do fato, com o casal envolvido e com familiares da vítima. À TV Correio, ela afirmou que ainda não é possível fazer um pedido de prisão à Justiça enquanto as investigações seguem inconclusivas.

Walmir Pedro de Brito foi conduzido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, onde passou por procedimentos médicos de emergência e segue internado na Unidade de Terapia Intensiva. De acordo com o boletim mais recente divulgado pela instituição de saúde, o quadro clínico do pedreiro é grave.

Antes de ser atropelado, Walmir seguia para o trabalho. Conforme declarações de familiares, ele ocupava a faixa preferencial para ciclistas na via no momento em que se chocou com o carro.

Do Portal Correio
Publicada por F@F em 02.01.19, às 14h24

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.