Header Ads

Jovens do Flamengo conseguem gol no fim e garantem vitória sobre o Volta Redonda

Com o 3 a 2 no Maracanã, Rubro-Negro assume a liderança do Grupo A da Taça Guanabara, com sete pontos

Fla vence o Volta Redonda (Foto: Luciano Belford/O Dia)
Antes de os titulares campeões da Libertadores voltarem das férias, na segunda-feira, a garotada do Flamengo segue fazendo a sua parte no Campeonato Carioca. Com muita personalidade, os jovens conseguiram uma vitória no fim contra o Volta Redonda, após virarem o placar e cederem o empate: 3 a 2, com gols de João Lucas, Rodrigo Muniz e Bill, com João Carlos  Saulo descontando. Com o resultado, o Rubro-Negro assumiu a liderança do Grupo A da Taça Guanabara, com sete pontos. 

Depois que os contratados Pedro, Thiago Maia e Michael foram apresentados e fizeram a festa da torcida no Maracanã, a garotada sub-23 do Flamengo não conseguiu manter a alegria dos rubro-negros no primeiro tempo. Com um futebol pobre de criatividade, o time de Mauricio Souza teve muita dificuldade para superar a bem postada defesa do Volta Redonda.

Com raras investidas bem-sucedidas e abusando de cruzamentos errados, como nos chutes de Rodrigo Muniz, aos 12, e de Pepê, aos 37 — ambos obrigando o goleiro Douglas a trabalhar —, o Flamengo tinha posse de bola, mas era confuso e pouco efetivo.

Por outro lado, o Volta Redonda soube anular o adversário e aproveitou a chance que teve aos 37 minutos: em escanteio cobrado por Bernardo (ex-Vasco), João Carlos subiu mais que a zaga e cabeceou par abrir o placar.

Após o intervalo, se o Flamengo seguiu sem ser brilhante, pelo menos foi mais objetivo. Tanto que, logo aos três minutos, João Lucas empatou a partida contando com a colaboração do goleiro Douglas, que aceitou o chute fraco. Animado, o Rubro-Negro se lançou ao ataque, mas também deixou mais espaços na defesa.

O jogo ficou aberto. O Flamengo poderia ter virado com Lucas Silva, que chutou em cima do goleiro, e o Volta Redonda só não marcou o segundo gol porque João Carlos perdeu uma chance incrível.

E justamente quando o duelo voltava a ficar monótono, o Flamengo conseguiu a virada numa bela jogada: Ramon avançou e cruzou na medida para Rodrigo Muniz cabecear para o gol, aos 30. A garotada rubro-negra não segurou o resultado. Gabriel Batista até salvou em cabeçada de Daniel, mas nada pôde fazer quando Saulo apareceu atrás da zaga e empatou aos 41.

Mas a juventude mostrou experiência ao não se abalar. E Bill marcou o gol da vitória três minutos depois, ao receber pela esquerda, cortar para o meio e soltar belo chute para explodir o Maracanã.

De O Dia
Publicada por F@F em 25.01.2020, às 21h55

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.