Header Ads

Novos foguetes caem na Zona Verde de Bagdá

Zona abriga prédios governamentais e missões estrangeiras. Um dos foguetes caiu a cerca de 100 metros da embaixada dos EUA, segundo fontes policiais ouvidas pela agência Reuters

O ataque ocorre 24 horas depois do disparo de 22 mísseis iranianos contra bases que abrigam militares americanos e da coalizão internacional em Bagdá, sem deixar vítimas (Foto: AFP)
Dois foguetes caíram na Zona Verde de Bagdá, no Iraque, na quarta-feira (8), segundo um comunicado do comando militar iraquiano. Não há relato de vítimas.

A Zona Verde abriga prédios governamentais e missões estrangeiras. De acordo com a agência Reuters, fontes policiais afirmam que um dos foguetes caiu a cerca de 100 metros da embaixada dos Estados Unidos.

Ainda não há informações sobre a origem dos disparos.

Ataque iraniano

Na terça-feira (madrugada de quarta no horário local), duas bases iraquianas que abrigam forças americanas e iraquianas foram atingidas por 22 mísseis iranianos. Ambas são consideradas estratégicas para a operação militar dos EUA na região e para o combate ao grupo Estado Islâmico.

A principal, Al-Asad, fica em uma região sunita (o Irã é um país xiita). Foram lançados 17 mísseis contra esta base — dois deles não atingiram o alvo, mas não chegaram a explodir. A outra, atingida com 5 mísseis, fica em território curdo.

Nesta quarta, o presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que o Irã parece estar recuando. Em discurso na Casa Branca, Trump também disse que vai impor novas sanções econômicas ao país do Oriente Médio e que, enquanto estiver no poder, o Irã nunca poderá ter armas nucleares.

Do G1
Publicada por F@F em 08.01.20, às 20h01

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.