Header Ads

Soldado abre fogo e deixa pelo menos 20 mortos na Tailândia

Segundo a polícia local, pelo menos 20 pessoas foram mortas

Tiros ocorreram em Korat (Foto: G1)
Um soldado tailandês matou pelo menos 20 pessoas a tiros neste sábado (8), na cidade de Korat, localizada a cerca de 250 quilômetros de Bangcoc. O agressor foi identificado como o sordado Jakapanth Thomma. O número de pessoas feridas ainda não foi informado. De acordo com a imprensa tailandesa, os disparos ocorreram em uma base militar e em um shopping.

De acordo com a agência Reuters, o atirador havia feito uma publicação em sua página no Facebook um dia antes com o texto: "A morte é inevitável para todos". Ele ainda aparece em uma imagem segurando uma arma. Pouco antes de abrir fogo, ele também escreveu na rede social: "Deveria desistir?". A página não está mais acessível.

Imagens e vídeos publicados nas redes sociais mostravam cenas de pânico e pessoas fugindo apavoradas sob o barulho dos disparos de uma arma automática.

Segundo as primeiras informações, o agressor não foi capturado, e as forças de segurança cercaram o shopping Terminal 21, para onde o agressor havia fugido. Além do centro de compras, o atirador teria abrido fogo também em um templo budista, segundo a BBC.

"Nós não sabemos por que ele fez isto. Aparentemente, ele teve um surto", disse o porta-voz do Ministério da Defesa Kongcheep Tantrawanit.

Do G1
Publicada por F@F em 08.02.2020, às 15h33

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.