Header Ads

EXCLUSIVO! Diretor do HRG pode ter sido indicação do PDT de GBA através de Lígia Feliciano

Liheldson Barbosa afirma que foi indicado pelo secretário de Saúde do Governo do Estado

Liheldson Barbosa (Foto: Reprodução)
O atual diretor do Hospital Regional de Guarabira, o campinense Liheldson Barbosa, pode ter sido indicado para o cargo pelo deputado federal Damião Feliciano e sua esposa, a vice-governadora Lígia Feliciano, a pedido das lideranças que comandam o PDT em solo guarabirense.

Uma fonte, próxima aos dirigentes do PDT estadual, revelou, com exclusividade para a editoria de Fato a Fato, que há várias coincidências em relação a nomeação de Liheldson e a exoneração de Gilson Cândido, ex-diretor ligado ao secretário Executivo do Orçamento Democrático, Célio Alves.

Segundo a fonte, há “uma queda de braço” entre os pedetistas e Célio Alves para se aquilatar quem possui mais poder político na cidade. E, no caso do Hospital Regional de Guarabira, quem se saiu melhor foi o grupo ligado ao vereador Marcelo Bandeira e o advogado Antonio Teotônio (pré-candidato a prefeito de Guarabira).

Todo mundo sabe, conforme o informante, que Marcelo e Teotônio são ligados ao deputado federal Damião Feliciano e a vice-governadora Lígia Feliciano. “Não acho que o atual diretor do HRG tenha sido nomeado apenas pelo secretário estadual da Saúde. Há muita influência político-partidária local nesse caso”, assegurou a fonte.

Ele (a) chegou a dizer que Liheldson é de Campina Grande e quando diz ter vindo apenas da iniciativa privada, essa fala pode ser traduzida como “pura balela”. “Desconfio que, por gastos excessivos nas contas do Hospital Regional de Guarabira, o PDT local aproveitou a brecha e pediu ao casal Damião/Lígia Feliciano um novo diretor para o órgão. O que de pronto foi aceito”, disse.

No caso da nomeação da fisioterapeuta Maiscela Bezerra (ligado ao advogado Antonio Teotônio) para o cargo de diretora administrativa, o ato foi tornado sem efeito para não desprestigiar o ex-prefeito Edson Gomes (Edinho da Farmácia), que é forte liderança na cidade de Duas Estradas.

Outro ponto, segundo a fonte, cuja nomeação de Maicela foi tornada sem efeito, diz respeito ao acúmulo dos dois mais importantes cargos do Hospital Regional “nas mãos” do PDT de Guarabira. “Damião e Lígia vão fazer as substituições de forma paulatina, tudo de acordo com o autorizo de João Azevêdo”, revelou.

Em sendo verdade as conjecturas da fonte, o PDT de Guarabira, nas pessoas de Marcelo Bandeira e Teotônio, começou a ganhar a “queda de braço” com Célio Alves, que perde o cargo mais importante da estrutura do Governo do Estado em solo guarabirense.

Versão do diretor – Liheldson Barbosa revelou, em várias entrevistas à imprensa local, que sua indicação para o cargo foi, única e exclusiva, do secretário de Saúde do Governo do Estado, médico Geraldo Medeiros. 

De Fonte com Fato a Fato
Publicada em 03.03.2020, às 15h03

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.