Header Ads

Autores da morte de Levi Borges são detidos e confessam que iam roubar carro do advogado

Atirador é menor de idade. Criminosos buscavam por veículo modelo SUV

Acusado presta depoimento (Foto: Reprodução/Wscom)
Dois criminosos envolvidos na morte do advogado Levi Borges de Lima foram detidos, na tarde deste sábado (11), pela Polícia Civil de Pernambuco, no bairro de Boa Viagem, em Recife-PE. O autor dos disparos que tiraram a vida do paraibano confessou o crime. Ele é menor de idade e já prestou depoimento. O outro comparsa, que estaria no interior do veículo que deu fuga, também foi preso. A informação foi divulgada inicialmente pelo jornalista Abelardo Jurema Filho, e confirmada pelo Portal WSCOM.

Os criminosos relataram à Polícia Civil que estava em busca de uma “Pajero Branca Top”, um veículo modelo SUV, parecido com o do advogado paraibano. O carro teria sido repassado a um traficante local em troca de drogas para consumo e provavelmente revenda.

O CRIME

O advogado e defensor público aposentado, Levi Borges de Lima, foi assassinado, na tarde de quinta-feira (9), em um condomínio na Praia do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho, na Grande Recife-PE. O crime aconteceu na portaria do imóvel e teria sido praticado por dois homens, que fugiram. O jurista ia visitar a filha, a juíza Andréa Rose Borges Cartaxo, que mora no local.

Momento da detenção dos acusados no Bairro de Boa Vaigem, em Recife, no Pernambuco (Fotos: Reprodução/Wscom)
As câmeras de segurança do condomínio mostram que Levi Borges chegou ao local no próprio carro, um Toyota SW4 SRV, de cor branca, ao lado da esposa, a também juíza Mariza Borges de Lima. Ele foi rendido com uma arma na cabeça. Ele abriu a porta e desceu do veículo. Nesse momento, o criminoso atirou.

Após ser alvejado, o advogado caiu em frente ao portão de visitantes. O assassino teria tentado entrar no veículo, mas percebeu que havia outra pessoa dentro do carro, voltou e disparou novamente no advogado, que tinha acabado de levantar do chão. Em seguida, entra em um outro carro onde havia uma segunda pessoa esperando por ele.

Levi Borges chegou a ser socorrido com vida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barra de Jangada, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Segundo a assessoria de imprensa da UPA, o corpo do advogado ainda está na unidade à espera do Instituto de Medicina Legal (IML).

Do Wscom
Publicada por F@F em 11.04.2020 às 23h06

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.