Header Ads

Gilmar Mendes diz que não há ‘clima político’ para impeachment de Bolsonaro

Vários pedidos de impeachment foram protocolados na Câmara dos Deputados

Gilmar Mendes (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirma que não há, no momento, vontade entre políticos para um eventual impeachment de Jair Bolsonaro.

“Eu tenho a impressão, do que ouço falar no meio político, todos hoje evitam a palavra impeachment porque, normalmente, essa crise que desemboca no impeachment tem um efeito de paralisia do governo enquanto esse processo se desenrola. De modo que eu percebo, pelo menos, que importantes lideranças fogem dessa ideia”, avaliou o ministro em uma transmissão ao vivo promovida por uma corretora de investimentos, segundo reportagem do Globo.

Sobre a abertura do inquérito no Supremo para apurar os fatos a partir das declarações de Sergio Moro acusando Bolsonaro de interferência, Gilmar afirmou que é preciso esperar os resultados obtidos antes de se tirar conclusões ou partir para a abertura de um processo de impedimento.

“Acho que são duas coisas que terão de ser verificadas. O que está se investigando no Supremo Tribunal Federal é a eventual existência de um crime comum, eventualmente a advocacia administrativa ou alguma coisa nesse sentido. Mas é claro, que se for verificada a existência do crime comum, se poderá discutir também a existência de um eventual crime de responsabilidade. É um outro tipo de análise que se faz na Câmara e no Senado, como vocês sabem. O processo inicial é na Câmara e, se a denúncia por crime de responsabilidade for aceita na Câmara, então se remete ao Senado, que funciona como órgão julgador”, disse.

Do Brasil 247
Publicada por F@F em 28.04.2020 às 19h32

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.