Header Ads

Jonas Esticado e empresário são acusados de roubo de música

Zé Vaqueiro alega ser o autor do sucesso 'Investe em Mim' e diz que a dupla registrou a canção em nome de outras pessoas

Jonas Esticado (Foto: Reprodução/WhatsApp)
Quem é fã do cantor Jonas Esticado conhece na ponta da língua toda a letra da música “Investe em Mim”, uma das que o forrozeiro cearense tem cantado para tentar ser conhecido no Brasil. Mas, o que os fãs não sabiam era da briga que existe por trás desse sucesso. Tudo foi exposto na madrugada desta sexta-feira (10) no Instagram, horas depois de Jonas ter feito uma Live-show no YouTube.

Conhecido também no Nordeste, o cantor Zé Vaqueiro foi o primeiro a gravar a música e alega ser autor da composição. No entanto, Yury do Paredão - empresário de Jonas, se interessou por 'Investe em Mim' e a colocou no repertório do show do Esticado e em seguida Jonas a gravou. Zé Vaqueiro denuncia que Jonas e Yury não cumpriram com o que foi acordado e que teria ficado na mão. O Vaqueiro acusa a dupla e o escritório Yury do Paredão Entretenimento de uso e apropriação indébita de sua composição e ainda de manipular o mercado fonográfico e de editoras musicais, uma vez que, segundo ele, Yury do Paredão teria conseguido registrar a autoria de “Investe em Mim” nos nomes de outras pessoas.

A lavagem de roupa suja entrou pela madrugada nas redes sociais com acusações mútuas. Yury retrucou a várias queixas de Zé Vaqueiro o acusando de falta de humildade e de não saber como funciona o mercado de shows e artistas.

Infelizmente, a apropriação de músicas de sucesso de bandas e artistas menores por artista consagradas é uma prática comum - apesar de errada - no meio. Recentemente Naiara Azevedo viu seu nome envolvido em dois casos desse. Outros vários artistas já viram seus nomes em situações semelhantes, principalmente no nordeste. Aviões do Forró, Wesley Safadão, Cavaleiros do Forró, Forró dos Plays, Saia Rodada e Solteirões do Forró são apenas alguns nomes com casos semelhantes.

A assessoria de imprensa de Jonas Esticado entrou em contato com a coluna e enviou os documentos que comprovam que ele é o detentor dos direitos da música. 

De O Dia
Publicada por F@F em 11.04.2020 às 17h11

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.