Header Ads

HR de Guarabira admite não ser referência para atender casos de pessoas com Covid-19

Diretor disse que a unidade preparou um leito para "socorrer" os casos de urgências, enquanto se encaminha para João Pessoa

Hospital Regional de Guarabira (Foto: Reprodução)
A direção do Hospital Regional de Guarabira admitiu, num contato feito pela editoria de Fato a Fato, não ser referência para tratamento de pessoas com Covid-19. Caso haja algum procedimento de urgência, o HRG possui apenas um leito equipado, enquanto se aguarda o encaminhamento do paciente à João Pessoa.

No contato feito por Fato a Fato, o diretor do Hospital Regional de Guarabira disse: "O hospital de Guarabira não é referência para tratamento de pessoas com covid-19. Nos precavendo de que poderia surgir alguma pessoa com sintomas de suspeito, nos preparamos com um protocolo de maneira que caso precisemos isolar uma pessoa estarmos preparado. Temos um leito preparado para atender enquanto aguarda-se o encaminhamento para a unidade de referência em João Pessoa".

Em seguida, o diretor Liheldson Barbosa escreveu: "Hoje em Guarabira, a porta de entrada de pessoas com suspeita é a UPA. Surgindo uma pessoa com suspeita encaminhamos para a UPA, se o encaminhamento não for possível por questões graves, essa pessoa fica isolada neste leito específico".

As informações tiveram a colaboração do Assessor de Imprensa do HRG, jornalista Eraldo Luis.

Da Redação/Fato a Fato com Assessoria
Publicada em 06.05.2020 às 16h48

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.