Header Ads

Médico Teofilho é internado em João Pessoa com suspeita de coronavírus

A filha de "Dr. Téo Filho", Cristiani Andrade, fez postagem no Facebook e relatou o estado clínico do pai

"Dr. Téo" e a filha Cristini (Foto: Reprodução/Facebook)
O médico Teofilho Gregório de Andrade foi internado no fim da tarde desta desta terça-feira (19), no Hospital da UNIMED, de João Pessoa com suspeitas de Covid-19.

Informações de familiares, repassadas com exclusividade ao FOLHADOBREJO, dão conta que ontem, depois de mais um cansativo plantão, ele chegou em casa com febre, manchas no corpo, astenia, anosmia e ageusia.

Hoje ele passou por exames e os resultados de uma tomografia computadorizada de torax ficou enfatizado um quadro de comprometimento dos pulmões, o que é característico do coronavírus. O 
O médico apresenta sintomas do Covid-19, porém o teste foi feito e a família ainda espera o resultado.

"Dr.Téo Filho" trabalhou como médico durante muitos anos em Guarabira. Ele também atuou como secretário de saúde do município durante o governo da ex prefeita Fátima Paulino e é muito querido, não só em Guarabira, mas em toda a região.

Mesmo estando com o quadro de saúde estável, os familiares estão pedindo para que todos entrem em oração pelo pronto restabelecimento do médico, tendo em vista o grau de letalidade desse vírus.

Leia publicação da filha de "Dr. Téo" no Facebook

"Quem me segue por aqui há algum tempo, sabe da admiração que eu tenho pelo meu pai. Este que sempre me inspirou com sua humanidade, bondade, fidelidade à família e o amor infinito a Jesus Cristo. Eu sempre falo que meu pai é um homem de luz, é a minha luz e a minha segurança em cada passo que eu dou. Sabe aquele homem que você admira? Que tem como herói? Que ver como o melhor marido e pai do mundo? É ele pra mim, pra meus irmãos e para a minha mãe!

Meu pai me inspira, também, enquanto profissional: determinado, competente e honesto. Eu nunca vi meu pai negar um atendimento a um paciente... Quantas noites o telefone de nossa casa tocava e ele saia às pressas para salvar vidas, principalmente, as dos mais necessitados. Atualmente, com essa pandemia, aos seus 65 anos, ele estava saindo de casa para trabalhar normalmente. Não negou, em nenhum momento, um plantão. Eu falava: “painho venha pra casa” e ele dizia: “foi a profissão que eu escolhi para mim, essa é a minha missão e eu não vou abandoná-la”... Sempre com seus ensinamentos por trás das palavras. .

Ontem meu pai chegou em casa, de mais um plantão, como eu nunca tinha o visto (aquela cena dilascerou meu coração), febre, manchas no corpo, astenia, anosmia e ageusia; e hoje meu pai foi interno com a TC de tórax enfatizando quadro de COVID-19.

E aí? O que fazer? Em um primeiro momento bate o desespero, diante de tantas incertezas, protocolos e dilemas éticos que emergem, mas agora é partir para cuidar de quem sempre cuidou de mim e rezar para que Deus restabeleça a sua saúde. .

Escrevo tudo isso para pedir a vocês muita oração, não só por ele, mas por todos que estão passando por esse momento difícil! Que tenhamos força para lutar contra esse inimigo invisível. - Painho estamos juntos, unidos em oração e mais fortes, para ficar ao seu lado. Te amamos."

Do Folha do Brejo com Fato a Fato
Publicada em 19.05.2020, às 23h39

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.