Header Ads

Suspeito na morte de optometrista na PB em 2017 é preso no RN

Em fiscalização, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou o homem com R$ 50 mil sem comprovação da origem e que teria se apresentado com nome falso

Optometrista Moacir Dantas (Foto: TV Correio/Arquivo pessoal)
Um homem de 30 anos foi preso na cidade de Ceará-Mirim, no Rio Grande do Norte, em 24 de abril, suspeito na morte do optometrista Moacir Dantas, em dezembro de 2017. O crime ocorreu dentro do local onde a vítima trabalhava, no Centro de Campina Grande. As informações foram divulgadas pela TV Correio no fim de semana.

Em fiscalização de rotina, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou o homem com R$ 50 mil sem comprovação da origem e ele ainda teria se apresentado com nome falso. O suspeito foi preso e, durante checagem, a PRF identificou que ele era procurado pelo crime em Campina Grande.

O optometrista Moacir Dantas foi assassinado na manhã no dia 29 de dezembro em uma clínica no Centro de Campina Grande. O profissional estava com duas pacientes no momento em que um homem chegou e anunciou o que seria um assalto. O optometrista teria reagido e entrado em confronto com o assaltante quando levou um tiro na cabeça. Na época, a Polícia Civil informou que havia identificado um suspeito.

Do Portal Correio
Publicada por F@F em 25.05.2020, às 13h3

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.