Header Ads

Taubaté registra casos de coronavírus em bebês gêmeos

Registros são os primeiros confirmados da doença em bebês na cidade. Eles estão em isolamento em casa e testaram positivo depois do pai, PM, também ser infectado

Bebês gêmeos testaram positivo para o coronavírus (Foto: Arquivo Pessoal)
Taubaté registrou dois casos positivos de coronavírus em bebês gêmeos. Os registros são os primeiros de bebês infectados pelo vírus na cidade. Os dois estão bem e em isolamento domiciliar.

As crianças são os filhos gêmeos de um ano e sete meses de um policial militar que trabalha na capital e também foi infectado pelo coronavírus. Em isolamento domiciliar, a família reforça o pedido de que as pessoas fiquem em casa para proteger os profissionais da linha de frente.

"Se eles se infectaram, trazem para a família. As pessoas precisam entender que isso é grave", diz a mãe das crianças, Dominique Mello Bussi.

As crianças e o pai, 30 anos, foram incluídos no boletim da vigilância epidemiológica nesta terça-feira (19) quando a cidade chegou aos 75 casos confirmados. A mãe das crianças conta que os gêmeos foram testados no domingo (17) depois que o pai teve resultado positivo para o coronavírus.

O PM fez o teste rápido oferecido pelo governo estadual e pelo resultado está curado, tendo passado pela infecção pelo vírus de forma assintomática.

Dominique conta que desde o dia 11 de março está em isolamento com as crianças em casa. Os bebês, Mário e Rebeca, nasceram prematuros e por receio de que pegassem o vírus, deixou de sair ou de permitir visitas da família. "Eu tinha medo de que se eles pegassem, ficassem graves e depois de tudo que passamos na maternidade, não queria vê-los de novo em hospitais", conta.

Como profissional essencial, o pai era o único que saía de casa nesse período, mas tomando todos os cuidados no retorno para casa. Dominique conta que ele não entrava em casa com a roupa de trabalho e tomava banho antes de ter contato com as crianças. O teste dele e das crianças positivo foi uma surpresa para a família.

"Ele passou por isso assintomático, então nem tivemos como prever e ele ficar distante dos bebês. Por um milagre, mesmo com a saúde deles vulnerável, eles não estão com nenhum sintoma, estão bem", disse.

Dominique também foi testada, mas o resultado foi negativo. Com sintomas de gripe, sem paladar e olfato, os médicos explicam que ela pode estar com o início da doença e, por isso, o teste rápido ter dado negativo.

Os pais de Dominique também estão em isolamento em casa e com sintomas da doença. Isso porque, com o marido em São Paulo, eles ajudaram a levar as crianças para tomar uma vacina. Eles são acompanhados pela Vigilância Epidemiológica e, segundo a prefeitura, vão ser testados. A família também está em isolamento.

"Uma pessoa infectou várias outras. Meus pais são grupo de risco. As pessoas precisam entender que isso se espalha além do seu controle e coloca outras pessoas em risco. As pessoas precisam entender que ficar em casa é para proteger os outros e aqueles que estão se arriscando por elas".

Do G1
Publicada por F@F em 20.05.2020, às 13h1

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.