Header Ads

Áudio vazado expõe fala homofóbica do vice-prefeito Manoel Júnior – OUÇA

Homofobia é crime. Em 2019, o Supremo Tribunal Federal determinou que a discriminação por orientação sexual e identidade de gênero passa a ser considerada uma postura criminosa 

Vice-prefeito de JP. Manoel Jr. (Foto: Reprodução/ClickPB)
O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, teve um áudio de whatsapp vazado nesta sexta-feira (26). Na conversa, Manoel Júnior se refere a um ex-aliado de forma homofóbica e intolerante.


“Obrigado, amigo, pela participação. Valeu mermo (sic.). E vamos juntos aí, se Deus quiser, vai dar certo.* A bicha ficou nervosa, parece que ele tem um fetiche, rapaz, ele não me tira do juízo (risos), negócio de viado (risos)”.

Homofobia é crime. Em 2019, o Supremo Tribunal Federal determinou que a discriminação por orientação sexual e identidade de gênero passa a ser considerada uma postura criminosa. Por 8 votos a 3, os ministros determinaram que a conduta passa a ser punida pela Lei de Racismo (7716/89), que hoje prevê crimes de discriminação ou preconceito por “raça, cor, etnia, religião e procedência nacional”.

Do Polêmica Paraíba
Publicada por F@F em 27.06.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.