Header Ads

Cruzeiro diz que não quer Fred de volta e explica ação contra atacante

O atacante mudou-se para o Tricolor carioca baseado em uma liminar obtida na Justiça, por atrasos salariais no Cruzeiro

Fred em litígio com Cruzeiro (Foto: Reprodução)
O Cruzeiro se pronunciou oficialmente sobre o processo aberto contra Fred. Hoje no Fluminense, o atacante entrou com uma ação em fevereiro, cobrando uma cláusula de R$ 50 milhões do clube na 1ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte.

Em nota oficial, o Cruzeiro explicou que não deseja a volta de Fred, mas sim o restabelecimento do contrato para que o clube seja recompensado pela transferência dele ao Fluminense.

O atacante mudou-se para o Tricolor carioca baseado em uma liminar obtida na Justiça, por atrasos salariais no Cruzeiro. No novo clube, Fred fez três jogos, não marcou nenhum gol e teve que passar por uma cirurgia no olho antes da final do Campeonato Carioca.

Veja a nota oficial na íntegra:

O Cruzeiro Esporte Clube informa que não solicitou o retorno do atleta Frederico Chaves Guedes.

O Clube ressalta que se valeu de argumentos técnicos para refutar a pretensão do atleta ao recebimento da cláusula compensatória.

A defesa apresentada na reclamação trabalhista do jogador rechaça, com o devido respeito, a decisão que acolhe a rescisão indireta, na qual o atleta tenta impor responsabilidade ao Clube.

O que ocorreu no caso foi o rompimento contratual por vontade do próprio jogador, que tentou se valer do mecanismo da rescisão indireta para buscar a multa contratual, multa esta que o Cruzeiro considera irresponsável e posta no contrato de trabalho de forma injustificada, razão pela qual os ex-dirigentes são chamados ao processo.

A defesa demonstrou, de forma objetiva, que o atleta já estava, antes mesmo de qualquer pedido na Justiça do Trabalho, em clara e avançada negociação com outro clube de futebol.

Portanto, já se configurava evidente a intenção do jogador em romper seu contrato com o Cruzeiro.

Do ESPN
Publicada por F@F em 17.07.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.