Header Ads

Sistema Nacional de Juventude já registra 20 adesões

O sistema também conta com a adesão de conselhos de juventude, como o Conselho Nacional da Juventude (Conjuve) e os conselhos municipais de Canindé (CE) e Boca da Mata (AL), além do conselho estadual do Paraná

Ministra Damares Alves (Foto: Reprodução/Brasil 61)
Em um mês, o Sistema Nacional de Juventude (Sinajuve), criado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) alcançou de 20 adesões. O Sinajuve tem o objetivo de catalogar iniciativas e consolidar políticas públicas voltadas aos jovens brasileiros. Entre as 20 adesões estão três estados: Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Ceará. Além disso, nove municípios também já fazem parte do grupo. 

Entre as Organizações da Sociedade Civil (OSCs) que aderiram ao Sinajuve, está a JCI Brasil, voltada à educação suplementar, desenvolvendo atividades com jovens de 18 a 29 anos. A ONG atinge mais de 200 mil pessoas em 110 países. Também se cadastraram a Agência de Transformação Social (IECAP), o Instituto Escolhi Esperar e a ONG Alvorecer Bahia. 

O sistema também conta com a adesão de conselhos de juventude, como o Conselho Nacional da Juventude (Conjuve) e os conselhos municipais de Canindé (CE) e Boca da Mata (AL), além do conselho estadual do Paraná.

Do Brasil 61
Publicada por F@F em 19.07.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.