Header Ads

Homem suspeito de matar o padrasto é preso 2 horas depois de cometer o crime

O suspeito estava em liberdade há apenas nove dias e não poderia estar fora da região metropolitana de João Pessoa, onde cumpria pena no Presídio PB1

Material apreendido (Foto: Reprodução)
A Polícia Civil da Paraíba, através da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Campina Grande – DHPP, prendeu na manhã desta segunda-feira (17) um homem de 26 anos, suspeito de ter praticado crime de homicídio contra seu padrasto, o pedreiro Edilson de Sousa Dias, de 49 anos.

O crime aconteceu na localidade Portal do Bosque, bairro do Serrotão, e a Polícia efetuou a prisão menos de duas horas depois de ocorrido o fato. “Por volta das 10:50hs da manhã de hoje a equipe da DHPP foi acionada para comparecer ao Bairro do Serrotão, na localidade Portal do Bosque, onde a vítima foi encontrada com um disparo de arma de fogo na região da nuca”, explicou a delegada Suelane Guimarães.

Ela disse ainda que logo que foram iniciadas as diligências, todos os indícios apontaram para o enteado da vítima, que havia saído do local cinco minutos antes da casa dele, com a vítima, em uma motocicleta.

“Após investigação minuciosa, menos de duas depois, os agentes da Delegacia de Homicídios se deslocaram ao Bairro de Santa Cruz, onde informações levantadas davam conta que o suspeito se encontrava, e este ao ver a viatura tentou se evadir, tendo sido contido rapidamente pelos agentes, que ainda encontraram em sua cintura um revólver calibre 38, municiado e com uma munição deflagrada, que provavelmente fora utilizado no homicídio”, destacou.

O suspeito estava em liberdade há apenas nove dias e não poderia estar fora da região metropolitana de João Pessoa, onde cumpria pena no Presídio PB1, acusado de participação num assalto a carro forte dentro de uma rede atacadista no ano de 2018, em Campina Grande-PB. “Ele foi preso em flagrante e conduzido à Central de Polícia, onde aguarda autorização para transferência a um dos presídios desta cidade”, concluiu a delegada Suelane Guimarães.

Do Wscom
Publicada por F@F em 17.08.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.