Header Ads

Pré-candidato do PDT rebate declarações do prefeito de GBA sobre sua pessoa

Aproveitando o momento, o pré-candidato que tem defendido uma política séria e com o máximo de transparência, lembrou a população quem teve uma ligação outrora com pessoas investigadas pela justiça

Live com Teotônio (Foto: Assessoria)
O pré-candidato a prefeito de Guarabira Teotônio (PDT), em sua live nesta quinta-feira (13), rebateu algumas declarações do prefeito de Guarabira Marcus Diogo (PSDB) direcionadas ao partido do PDT tentando associá-lo a envolvimento com “corrupções”. Com firmeza, Teotônio disse ser filiado ao PDT e desconhece qualquer denúncia contra o partido na Paraíba e principalmente em Guarabira.

“A vice-governador Lígia Feliciano é uma mulher de conduta ilibada, o Deputado Damião Feliciano, eu não vi nenhum desse escândalo se quer a citação dele”, lamentou o pré-candidato.

Para Teotônio, a atitude do prefeito é de uma pessoa que está desesperada.

“Foi uma fala despreparada e de quem tá num desespero político porque o prefeito está a cada dia perdendo espaço político em Guarabira, a cada dia ele está perdendo aliados, ele não está sabendo conduzir a cidade, ai ele vem atacar pessoas iguais a mim”, afirmou Teotônio acrescentado que Guarabira conhece sua conduta ilibada, sua seriedade e responsabilidade.

Aproveitando o momento, o pré-candidato que tem defendido uma política séria e com o máximo de transparência, lembrou a população quem teve uma ligação outrora com pessoas investigadas pela justiça.

“O prefeito se esqueceu que ele, nos anos de 2011 e 2012, ele foi diretor do hospital regional de Guarabira, que tinha na época como governador Ricardo Coutinho, que tinha na época como Secretário de Saúde “que ele dizia nas reuniões que era muito amigo dele” Waldson de Sousa. Não fui eu não. Eu não era diretor do hospital era ele. Então se tem alguma ligação não era Teotônio que estava ligado”, disse.

Se aprofundando ainda mais no assunto, o pré-candidato alertou o prefeito Marcus Diogo para as “prefeiturinhas” que tem na prefeitura. Segundo Teotônio, o secretário de saúde da gestão de Marcus Diogo responde a um processo na justiça comum, ajuizado pelo Ministério Público cobrando a devolução de R$ 1 milhão de reais por gastos indevidos.

“É ele, é o secretário dele, da prefeitura de Guarabira. Então ele deveria se cuidar, ele deveria se preocupar com isso ai”, afirmou Teotônio repudiando e lamentando as falas “levianas” e “mentirosas” do prefeito Marcus Diogo, no sentido de lhe atacar.

Teotônio deixou claro que sua pré-campanha composta por propostas e deias viáveis para Guarabira e irá corrigir as falhas que a gestão não teve a capacidade e a competência de resolver.

“A preocupação dele é atacar minha pré-candidatura, é atacar o nosso nome”, concluiu Teotônio sobre Marcus Diogo. 

Da Assessoria
Publicada por F@F em 14.08.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.