Header Ads

Candidato a vice-prefeito de Alagoinha foi condenado por racismo em JP

O processo tramitou no 4º Juizado Especial Cível da Paraíba, que comprovou o envio de mensagens racistas numa rede social

Alírio Pontes Filho não conseguiu provar, segundo os autos do processo abaixo, que sua conta teria sido invadida (Foto: Blog do Cristiano Alves)

O candidato a vice-prefeito de Alagoinha,  na chapa de Maria Rodrigues (Maria de Zé Roberto - PSDB), o empresário Alírio Claudino de Pontes Filho foi condenado este ano por preconceito racial.

De acordo com os autos do processo, Alírio Filho escreveu xingamentos e ameaças com discurso racista a um estudante negro de João Pessoa.

Nas mensagens, o réu insulta a vítima com as palavras de “macaco burro”, “macacão”, afirma que “todo nego é burro” e que irá “levar banana” pra ele.

O processo tramitou no 4º Juizado Especial Cível da Paraíba, que comprovou o envio de mensagens racistas numa rede social.

Alírio Pontes Filho não conseguiu provar que sua conta teria sido invadida ou que, na época do fato, teria acionado a Polícia para iniciar uma investigação. 

Ele foi condenado ao pagamento de R$ 3 mil.

Contraditório - Ao empresário Alírio Filho, Fato a Fato garante o direito ao contraditório, oferecendo mesmo espaço para sua versão acerca do caso. 

Veja print da petição inicial













Veja print da decisão judicial







Da Assessoria
Publicada por F@F em 22.09.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.