Header Ads

Irmãos são executados com 13 tiros e polícia investiga a motivação do crime

Segundo a publicação, os suspeitos do crime chegaram no local a pé e de capacete por volta das 23h. Eles vão até o portão da quitinete e efetuam os disparos. Até o momento ninguém foi preso

Irmãos são do Amazonas e moravam na cidade há um mês (Foto: Reprodução)

Os irmãos gêmeos identificados como Alexandre Muller Passos e Rafael Muller Passos, de 31 anos, morreram na última sexta-feira (25) após serem alvejados com pelo menos 13 tiros em uma quitinete localizada no bairro Mata do Jacinto, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

A informação foi divulgada pelo site Campo Grande News. Os irmãos

Irmãos são do Amazonas e moravam na cidade há um mês.

Segundo a publicação, os suspeitos do crime chegaram no local a pé e de capacete por volta das 23h. Eles vão até o portão da quitinete e efetuam os disparos. Até o momento ninguém foi preso.

Alexandre foi executado com seis tiros, sendo que os disparos acertaram as pernas, braço esquerdo e nádegas. Já Rafael foi alvejado com sete disparos: no pescoço, tórax, perna direita, axilas e no punho do lado esquerdo.

No local há seis apartamentos e, segundo um morador, eles pagavam R$ 350 de aluguel por um quarto com banheiro e os dois moravam juntos.

A Polícia Civil investiga a motivação do crime. Os irmãos gêmeos são de Manaus e até o momento a família não se pronunciou sobre o caso.

Do Campo Grande News
Publicada por F@F em 27.09.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.