Header Ads

Incêndio em hospital deixa 10 recém-nascidos mortos

Sete bebês foram resgatados com vida. Governo acredita que incêndio foi causada por curto-circuito na maternidade do hospital

Caso aconteceu na Índia (Foto: Reprodução/Redes Sociais/Rajendra Patil Yadravkar)
Dez bebês morreram neste sábado (9/1) vítimas de um incêndio na maternidade de hospital no distrito de Bhandara, estado de Maharashtra, na Índia.

Em uma rede social, o ministro do governo de Maharashtra Sanjay Rathod explicou que o incêndio foi causado por um curto-circuito no hospital.

“Foram dadas instruções para conduzir uma investigação completa sobre o incidente e ações estritas serão tomadas contra os culpados”, disse.

Já o ministro de Alimentação do estado indiano, Chhagan Bhujbal, ressaltou que a equipe resgatou sete crianças que estavam na unidade.

“Devemos agradecer a esses funcionários, mas infelizmente não conseguimos salvar 10 crianças. Compartilho a dor das famílias”, assinalou.

“Muitos hospitais e lares de idosos precisam de auditorias de incêndio. Em muitos hospitais, a fiação não mudou ao longo dos anos”, completou.

Segundo a imprensa local, os bebês falecidos tinham entre alguns dias e três meses de vida. O incêndio teria se iniciado durante esta madrugada.

“Havia extintores de incêndio e os funcionários os usaram para tentar apagar o fogo. Havia muita fumaça”, disse o médico Pramod Khandate, ao The Telegraph.

Por sua vez, o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, disse que a tragédia em Bhandara é de “partir o coração”. A mensagem foi publicada no Twitter.

“Perdemos preciosas vidas jovens. Meus pensamentos estão com todas as famílias enlutadas. Espero que os feridos se recuperem o mais cedo possível”, afirmou.

Do Metrópoles
Publicada por F@F em 09.01.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.