Header Ads

Arquivada representação de ex-procuradores sobre conduta de Bolsonaro na pandemia

Grupo pedia que presidente fosse denunciado por favorecer disseminação de epidemia. Vice-PGR afirma na decisão que não é possível indicar único responsável pela pandemia de Covid-19

Jair Bolsonaro (Foto: Carolina Antunes/PR)
A Procuradoria-Geral da República (PGR) decidiu arquivar a representação feita por ex-integrantes da cúpula do órgão sobre a conduta do presidente Jair Bolsonaro no enfrentamento à pandemia de Covid-19.

O grupo pedia que o político fosse denunciado ao Supremo Tribunal Federal (STF) por "favorecer disseminação de epidemia", crime cuja pena varia de 5 a 15 anos de prisão.

O encerramento do caso foi determinado pelo vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, e revelada pelo portal "UOL". A TV Globo também teve acesso ao despacho assinado na semana passada.

Na decisão, o vice-PGR afirma que parte dos fatos apontados pelos ex-procuradores já foi analisada e arquivada. Medeiros diz ainda que existe a "impossibilidade material do surto do novo coronavírus ser imputado a uma pessoa".

Matéria completa, clique AQUI

Do G1
Publicada por F@F em 16.02.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.