Header Ads

PMJP vacina idosos, professores e trabalhadores da rede hospitalar contra a gripe

A vacina contra a gripe não tem eficácia contra o novo coronavírus, mas a imunização vai ajudar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para Covid-19

Vacina começou nesta terça-feira, 11 (Foto: Dayze Euzébio)
João Pessoa (PB) - Trabalhadores de saúde que atuam na rede hospitalar e especializada, professores e idosos a partir de 60 anos começaram a se vacinar contra a Influenza (gripe) nesta terça-feira (11) em João Pessoa.

CONFIRA! Idosos, professores e trabalhadores da rede hospitalar são vacinados contra a gripe

A primeira orientação, de acordo com a enfermeira da Vila Saúde, Jamayana de Sousa, localizada no Cristo, é evitar tomar a vacina, seja contra a gripe ou contra a Covid-19, caso a pessoa esteja com sintomas gripais. “A orientação é procurar o atendimento médico para saber o diagnóstico, tratar os sintomas para tomar o imunizante depois de curado”, recomenda.

Quem chega à unidade para se vacinar contra a Influenza é recebido por um profissional de enfermagem, que faz uma triagem com o usuário. O objetivo é justamente levantar informações do histórico da pessoa – se está com sintomas gripais ou se já tomou ou está agendado para receber a vacina contra à Covid-19. Neste caso, a recomendação é respeitar um intervalo de 14 dias entre as duas vacinas.

“Essa recomendação vale tanto para quem já tomou alguma dose contra à Covid-19 e vai se imunizar contra a Influenza, e vice e versa”, explica Jamayana de Sousa. “É importante que as pessoas obedeçam a esse prazo, porque é uma recomendação médica – um protocolo do próprio Ministério da Saúde. Já aconteceu da pessoa ficar sem tomar a vacina porque ainda não havia cumprido esse prazo”, concluiu.

Que está cumprindo os prazos certinhos é o casal de idosos, Hélio de Andrade, 77 anos, e Marilene Oliveira de Andrade, 72 anos. Ele tomou a primeira dose da Astrazeneca contra a Covid-19 e contou que a segunda está programada para o próximo mês. Já a sua companheira foi imunizada com as duas doses da Coronavac. Nesta terça-feira (11), eles compareceram à Vila Saúde, no Cristo, para se imunizar contra a Influenza.

“Muito importante ficar atento a esses prazos, porque se trata da nossa saúde”, conta Hélio de Andrade. Marilene concorda e ainda reforça a importância da campanha de imunização, pedindo para que as pessoas procurem os postos de vacinação. “Hoje é o primeiro dia para os idosos. Nós chegamos cedo para tomar logo a vacina. Quem ainda não tomou é importante que se vacine, que cuide o quanto antes”, alertou.  

A campanha – Nesse primeiro momento, estão sendo vacinadas as crianças de seis meses a menores de 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes e puérperas (mães no pós-parto – até 45 dias) e trabalhadores de saúde da Atenção Básica. A partir desta terça (11), também serão incluídos os trabalhadores de rede especializada, professores e idosos a partir de 60 anos

Documentação – Para vacinação, os trabalhadores de saúde e os professores deverão apresentar documento de identificação com foto e comprovante (declaração, carteira do conselho de classe ou contracheque) de vínculo com a empresa ou instituição onde atua.

O imunizante – A vacina contra a gripe não tem eficácia contra o novo coronavírus, mas a imunização vai ajudar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para Covid-19, já que alguns dos sintomas são parecidos com os da gripe. O objetivo é reduzir as complicações, internações e a mortalidade decorrentes das infecções provocadas pelo vírus Influenza, e também desafogar os serviços de pronto atendimento.

A vacina protege contra os três tipos de vírus que mais circulam no hemisfério sul: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2). Há um alerta para quem se vacinou contra a Covid-19: essas pessoas deverão respeitar um intervalo de 14 dias para tomar outras vacinas do calendário vacinal, inclusive a desta campanha, que previne contra a influenza.

Da Secom-João Pessoa
Publicada por F@F em 11.05.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.