Header Ads

Ana Cláudia acompanha entrega de refeições a pessoas carentes em Campina Grande

Secretária ainda acompanhou a confecção das quentinhas, feita por profissionais habilitados, nas dependências da AABB

Ana Cláudia entrega quentinha a carente (Foto: Assessoria)
Campina Grande (PB) - A Secretária de Estado de Desenvolvimento e Articulação Municipal (Sedam), Ana Cláudia Vital, juntamente com auxiliares e vereadores, fez questão de acompanhar na manhã desta segunda-feira, 21, a entrega das 1 mil refeições  gratuitas às pessoas carentes de Campina Grande e que acontece no Largo do Açude Novo, através do "Programa Prato Cheio", do Governo do Estado da Paraíba.

Acompanharam Ana Cláudia: o Secretário executivo da Sedam, Galego do Leite; o coordenador de gestão do Governo estadual, Valdé Silveira, além das vereadoras Jô Oliveira e Valéria Aragão.

O programa foi implantado há cerca de dois meses e vem matando a fome de centenas de campinenses que estão em situação de rua, sobretudo pela ausência dos restaurantes populares e das cozinhas comunitárias, abandonadas pelo ex-gestor Romero Rodrigues e agora na administração do prefeito Bruno Cunha Lima. Cerca de 52 mil refeições já foram servidas desde o início do Programa.

Antes de acompanhar a entrega das refeições, Ana Cláudia e auxiliares foram até o Restaurante Popular do Distrito dos Mecânicos, construído na gestão do então prefeito e hoje Senador Veneziano Vital, mas constatou-se que está abandonado há mais de 8 anos, sem nenhuma utilidade.

Ana Cláudia ainda acompanhou a confecção das quentinhas, feita por profissionais habilitados, nas dependências da AABB.

“A insensibilidade deste Governo é assustador. Fechou dois restaurantes populares e 9 (nove) cozinhas comunitárias há mais de 8 anos e mesmo diante da extrema necessidade gerada pela pandemia, nada faz pelo povo sofrido em termos de ação social", lamentou Ana Cláudia.

“Prato Cheio” – O programa, que é desenvolvido pela Secretaria estadual de Desenvolvimento Humano, em parceria com o Instituto São José (tendo à frente o Padre Egídio), distribui mil refeições diárias para pessoas em situação de vulnerabilidade em Campina Grande, sendo 200 cafés da manhã, 600 almoços e 200 jantares, uma ação do Governo do Estado que se une a outras ações de apoio alimentar da gestão do governador João Azevêdo.

Na cidade, o Governo da Paraíba já disponibiliza 1.500 refeições diárias no Restaurante Popular, além de promover a entrega de cestas básicas para as famílias nesta pandemia.

Restaurantes Fechados – Na gestão de Veneziano como prefeito de Campina Grande a cidade ganhou dois restaurantes populares, sendo um no Centro, inaugurado em 2006; e outro no Distrito dos Mecânicos, inaugurado em 2009; além de 9 cozinhas comunitárias, instaladas no José Pinheiro, Malvinas, Galante, Bodocongó, Liberdade, São José da Mata, Pedregal, Jeremias e Catingueira, uma espécie de mini restaurantes populares. Ao todo, os restaurantes e as cozinhas forneciam mais de 7 mil refeições diárias. Todos foram desativados no início de 2013.

Da Assessoria
Publicada por F@F em 23.06.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.