Header Ads

No fim da gestão, Guilherminho assina documento e obriga povo humilde de Cuitegi pagar IPTU

Geraldo Serafim está tendo que enfrentar uma luta Homérica para consertar, segundo ele, todos os erros da ex-gestão

Chico Mala e Guilherminho (Foto: Reprodução)
Guarabira (PB) - O prefeito de Cuitegi, Geraldo Serafim (PSDB), está com as mãos atadas e obrigado a cumprir um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pelo o ex-prefeito Guilherme Madruga (Cidadania). O TAC foi celebrado pela Prefeitura Municipal com o Ministério Público da Paraíba (MPPB), no dia 02 de dezembro de 2020. O acordo obriga Geraldo Serafim iniciar a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de Cuitegi.

A estratégia de Guilherme Madruga era inviabilizar a gestão de Geraldo, além de criar um desgaste político do atual gestor no município. Guilherminho deseja retornar ao comando administrativo nas próximas eleições municipais, a única alternativa encontrada para “facilitar” a sua volta, foi embaralhando a administração de Geraldo.

O ex-prefeito não pensou nas famílias de Cuitigi e aplicou o poder da caneta nos últimos dias de sua gestão. O comportamento de Guilherminho descreve o seu desgosto político com a população, tudo isso após ver seu candidato a prefeito derrotado nas urnas. Guilherme Madruga ficou chateado e sem prestígio para eleger o seu sucessor, viu o seu maior adversário político ser eleito e se tornar prefeito da cidade.

O TAC assinado por Guilherminho determina a ocupação (contratação) do cargo de fiscal de tributos, profissional responsável pelo recebimento do IPTU, e deve ser preenchido até o próximo dia 30 de julho de 2021. Guilherme optou, conforme o documento, atualizar o cadastro do contribuinte, além do controle da dívida até 30 de agosto de 2021, mesmo prazo para atualizar o valor venal dos imóveis.

Preocupado caso Geraldo não iniciasse a cobrança do IPTU, Guilherminho colocou no TAC a aplicação de uma multa no valor de R$ 5 mil (cinco mil reais), além do pagamento diário de R$ 500 (quinhentos reais) por atraso diante do cumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

Geraldo Serafim está tendo que enfrentar uma luta Homérica para consertar, segundo ele, todos os erros da ex-gestão. Agora, irá encarar de frente mais esse presente de Grego de Guilherminho.

Veja como foi a história

"PRESENTE DE GREGO

Ex-Prefeito de Cuitegi durante oito anos, Guilherme Madruga deixou um presente de Grego para seu povo. 

Quem já leu a obra Ilíadas sabre muito bem o que significa o termo “presente de Grego”. Foi quando já derrotados pelo exército de Troia, em um ato de desespero, os comandantes do exército Grego tiveram a ideia de “enganar” a cidade de Troia com o famoso Cavalo de Pau. Mal sabiam os Troianos que lá dentro daquele gigantesco cavalo havia soldados Gregos prontos a atacar na surdina da noite e vencer uma guerra que já estavam derrotados.

Em Cuitegi, podemos dizer que o ex-prefeito Guilherme Madruga deixou um presente de grego para o seu povo quando, no dia 02 de dezembro de 2020, com seu candidato já derrotado e perto da posse de Geraldo Serafim, assinar um Termo de Ajustamento de Conduta - TAC com o Ministério Público Estadual obrigando a atual gestão a implantar a cobrança de IPTU até o dia 30/07/2021, sob pena de multa pessoal para o atual prefeito. 

O Termo de Ajustamento de Conduta – TAC, firmado entre Guilherme Madruga e o Ministério Público, em sua Cláusula 2 estipula que haverá multa de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), acrescida de R$ 500,00 (quinhentos reais) por dia de atraso para o atual prefeito, Geraldo Serafim, caso o IPTU não inicie a implantação até a data de 30/07/2021. 

Enquanto pedia votos para seu candidato a prefeito em 2020, o antigo gestor escondeu de todos que já tinha em mente o plano B para inviabilizar a gestão de Geraldo Serafim, bem como, desgastar sua popularidade e, assim, traçar seu plano de retomada da prefeitura.

Para a atual gestão não há alternativa que não seja fazer todo o levantamento de quem deve pagar o imposto e quanto será o valor devido e, por fim, cumprir com o que deixado pelo ex-Prefeito Guilherme Madruga. 

Geraldo Serafim está tendo que enfrentar uma luta Homérica para consertar todos os erros da gestão do ex-Prefeito, que não são poucos. Agora, terá que encarar de frente mais esse presente de Grego."

Clique aqui e veja documento assinado por Guilherme Madruga.

Do Blog do Galdino com Fato a Fato
Publicada em 12.06.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.