Header Ads

Romero projeta crescimento de Bolsonaro no NE, mas defende monitoramento de Lula

Ex-prefeito de Campina tem seu nome cogitado para a campanha de governador da Paraíba em 2022

Romero Rodrigues e Bolsonaro (Foto: Reprodução)
João Pessoa (PB) - Pré-candidato ao Governo da Paraíba, o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD) não esconde sua simpatia pela gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), mesmo diante do desgaste político por conta da demora nas ações para combater o avanço da pandemia no país. Nesse final de semana, por exemplo, o país atingiu a marca de 500 mil mortes pela Covid-19.

Mas, para o ex-gestor, ainda há possibilidade de crescimento e aceitação do Governo Bolsonaro, sobretudo no Nordeste. Romero acredita que a estabilidade na economia poderá trazer bons frutos para o presidente. Segundo ele, se a economia continuar reagindo, aliado ao incremento nos programas sociais, pode ser que o cenário se reverta a favor do presidente Bolsonaro, na região.

“A economia favorece quem está no poder. Então se ela continuar reagindo, com mais esse incremento de mais de 30% nos valores do Bolsa Família e mais a continuidade do auxílio emergencial, eu vejo grande possibilidade de crescimento da aceitação do governo aqui no Nordeste”, comentou na entrevista à Rádio Caturité FM, neste final de semana.

Em contrapartida, o ex-prefeito defende que a postulação do ex-presidente Lula (PT), cuja aceitação no Nordeste ainda é grande, seja monitorada. “A decisão foi do Supremo Tribunal Federal (STF). E a gente não contesta. O Supremo decidiu, está decidido. Ainda estamos longe do pleito, mas Lula precisa ser monitorado sim”, completou.

Do PB Agora
Publicada por F@F em 20.06.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.