Header Ads

Veneziano e Nilda Gondim participam de Plenária Nacional e defendem a Eletrobras pública

A privatização da Eletrobras teve Medida Provisória aprovada na Câmara dos Deputados

Plenária foi realizada virtualmente (Foto: Assessoria)
Brasília (DF) - Os Senadores Veneziano Vital do Rêgo e Nilda Gondim (ambos do MDB), participaram, na noite da última sexta-feira (28), de Plenária Nacional remota em Defesa da Eletrobras, juntamente com outros Senadores e Senadoras, além de representantes de sindicatos e outras entidades que defendem que a empresa continue sendo pública e eficiente.

A iniciativa da Plenária foi da Confederação Nacional dos Urbanitários (CNU), entidade que congrega os sindicatos dos trabalhadores urbanitários em todo o País, bem como de senadores de vários partidos. Também participaram da plenária os senadores Jean Paul Prates (PT-RN) e Zenaide Maia (PROS-RN).

Tanto o Senador Veneziano Vital, como também a Senadora Nilda Gondim, defendem que o Senado discuta mais profundamente a matéria, por entenderem que a MP necessita ser amplamente debatida.

A plenária tirou alguns encaminhamentos, tais como realizar reuniões com senadores e governadores nos próximos dias, ampliar as intervenções nas redes sociais e preparar ações judiciais para barrar a Medida Provisória no Senado.

Ficou decidido ainda que uma nova plenária online será realizada no dia 1º de junho e deve reunir cerca de duas mil pessoas, quando todos os senadores da República deverão ser convidados para participar e se posicionar, além de governadores e entidades nacionais.

A privatização da Eletrobras teve Medida Provisória aprovada na Câmara dos Deputados.

Sessão no Senado - O Plenário do Senado aprovou na quinta-feira (27) a realização de uma sessão especial de debates para discutir a Medida Provisória que viabiliza a desestatização da Centrais Elétricas Brasileiras S.A., a Eletrobras (MP 1.031/2021).

A data ainda será definida. Vários senadores vinham se manifestando durante a semana pedindo mais debates em relação à MP, que abre caminho para a privatização da estatal de energia elétrica.

Da Assessoria de Imprensa
Publicada por F@F em 01.06.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.