Header Ads

ASSISTA! Comerciante reage a notificação da PMG por instalar tendas e vender quentinhas a R$ 1

Walkley Victor divulgou vídeo nas redes sociais contestando notificação da Prefeitura de Guarabira


Guarabira (PB) - Em vídeo divulgado nas redes sociais, o comerciante Walkley Victor criticou, duramente, a administração municipal que, através da Secretaria de Meio Ambiente, notificou restaurante de sua propriedade, cuja a única irregularidade, segundo ele, tem sido vender quentinhas ao valor de R$ 1,00 à população carente de Guarabira.

Walkley alega que ganhou licitação junto ao Governo do Estado para vender, em seu restaurante O Brejeiro, quentinhas para a população guarabirense. Para não deixar que as pessoas fiquem sob sol e chuva, ele diz que decidiu instalar tendas próximas ao estabelecimento comercial.

Segundo o comerciante, ao ver as pessoas em baixo das acomodações, a Prefeitura de Guarabira notificou o restaurante, dando um prazo de 48 horas para a retirada das tendas desde o último dia 2 de julho. A notificação foi cumprida pelo restaurante. 

Nas redes sociais, Walkley Victor apresentou laudo da Vigilância Sanitária do município de Guarabira (órgão ligada a Secretaria de Saúde Municipal), atestando que o restaurante, após inspeção, cumpre e está funcionando dentro de todos os padrões legais.

Versão oficial – Segundo a Notificação Extrajudicial emitida pela Prefeitura de Guarabira, “A ocupação e o uso provisório das vias e logradouros públicos dependerão da permissão ou autorização da Prefeitura, assegurando-se o livre trânsito, a segurança e o bem-estar da população e a estética urbana”.

Diante do exposto na notificação, a Prefeitura alega que não autorizou o uso do local onde as tendas foram instaladas. O comerciante se diz perseguido pelo prefeito de Guarabira, Marcos Diôgo, pois solicitou a instalação de uma tenda ao Governo Municipal. No vídeo, Walkley chega a citar a deputada Camila Toscano, aliada política do gestor guarabirense.

Veja notificação da PMG e laudo da Vigilância Sanitária Municipal


Da Redação/Fato a Fato
Publicada em 06.07.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.