Header Ads

ASSISTA: Flamengo marca no fim, goleia o Vasco e é campeão brasileiro sub-17

Rubro-negro marca três vezes no primeiro tempo, vê a equipe de São Januário diminuir na segunda etapa, mas conta com brilho de Petterson para conquistar o bicampeonato após perder o jogo da ida por 3 a 1


Rio de Janeiro (RJ) - O Flamengo conquistou o título do Campeonato Brasileiro Sub-17, na noite desta segunda-feira, em Volta Redonda, ao bater o Vasco por 4 a 1, no segundo jogo da decisão. Depois de perder a primeira partida por 3 a 1, em São Januário, o Rubro-negro marcou três vezes no primeiro tempo no Estádio Raulino de Oliveira: duas vezes com Victor Hugo e uma vez com Petterson. No segundo tempo, o Cruz-maltino diminuiu com Barros, de cabeça. Quando o jogo seguia para os pênaltis, porém, aos 43 minutos da segunda etapa, Petterson marcou mais um e garantiu o bicampeonato ao Flamengo, que também ficou com o caneco em 2019.

Primeiro tempo

O Flamengo foi melhor no primeiro tempo e abriu larga vantagem na partida. Aos 15 minutos, Matheus Gonçalves tocou para Victor Hugo, que chutou forte de fora da área e carimbou um golaço para o Rubro-negro. Aos 33, Zé Welinton cruzou na área e encontrou Victor Hugo, que mandou para a rede para marcar o segundo dele, o segundo do Flamengo. Aos 44, Petterson fez grande jogada individual na área, limpou a marcação e chutou para fazer o terceiro do rubro-negro. A melhor chance do Vasco saiu em uma cabeçada de GB, que parou em cima da linha em JP, que evitou o gol de cabeça.

Segundo tempo

O Vasco retornou para a segunda etapa pressionando e por pouco não marcou com Paulinho nos primeiros minutos. O lateral foi lançado na área e chutou forte muito perto do gol. Mas o goleiro Dyoego fez grande defesa. Aos 18, Ykaro foi lançado no ataque, disputou com a marcação, conseguiu o chute entre os defensores rubro-negros, mas o goleiro Dyogo, mais uma vez, salvou o Fla. Depois de muita insistência, o Vasco chegou ao gol com Barros, de cabeça, após cruzamento pelo lado direito. Aos 43 minutos, porém, quando a partida se encaminhava para os pênaltis, Petterson, mais uma vez, mandou para a rede e garantiu a conquista.

Fala, Petterson!

Herói da decisão, Petterson não escondeu a emoção na saída de campo.

 - Agora é só curtir porque passamos momentos difíceis. Foi na raça. Agora é seguir trabalhando para buscarmos mais títulos. Eles me chamam de Pet, né, eu gosto. Eu não to nem acreditando, cara. Agora é só alegria e curtir bastante.

Do Globo Esporte
Publicada por F@F em 16.08.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.