Header Ads

Acusado de matar jovem em Bayeux é executado na Bahia

O delegado relatou que o suspeito teria sido expulso da comunidade logo ao chegar

Informação é da Polícia Civil da PB (Foto: Reprodução)
João Pessoa (PB) - Foi executado, no centro de Salvador, na Bahia, o homem acusado de matar a própria companheira no último dia 4 de outubro, no bairro Mário Andreazza, em Bayeux, região metropolitana de João Pessoa. Segundo o delegado Ademir Fernandes, o suspeito teria fugido para capital baiana logo após o cometimento na Paraíba. A informação dá conta de quo o suspeito teria sido assassinado três dias após a morte da companheira.

O delegado relatou que o suspeito teria sido expulso da comunidade logo ao chegar. Como não obedeceu a ordem de supostas facções foi executado a tiros. A Polícia Civil da Paraíba aguarda uma série de documentações vindas da Bahia, inclusive a que comprova a morte do suspeito, para concluir o inquérito aberto pela delegacia de homicídios de João Pessoa.

Entenda o caso – Uma mulher foi morta com golpes de faca na no dia 4 de outubro de 2021, no bairro do Mário Andreazza, em Bayeux. A vítima foi identificada como Damares, de 22 anos. Ela foi encontrada em cima da cama, amarrada, seminua, com um travesseiro no rosto e uma faca cravada no peito. Para a Polícia Militar, o principal suspeito do crime é um homem chamado Ricardo, que é natural da Bahia e tinha um caso com Damares.

A irmã da vítima informou que ela estava namorando com o suspeito há cerca de três meses e que ambos usavam drogas, mas não mencionou histórico de violência. Já a tia da vítima falou em ameaças. Segundo ela, a sobrinha já dava sinais de que estava se sentindo acuada. A jovem deixa uma filha de três anos.

Do PB Agora
Publicada por F@F em 22.10.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.