Header Ads

Agricultor colhe macaxeira com mais de 30 kg na PB: 'deu pra mais de 10 famílias', disse

Alimento foi consumido por Sebastião, que o colheu, e ainda os amigos e familiares da vizinhança

Agricultor comemora colheita de macaxeira com mais de 30 quilos na Paraíba (Foto: Sebastião Carvalho de Sousa/Aqruivo pessoal)
João Pessoa (PB) - O agricultor Sebastião Carvalho de Sousa virou o assunto de uma pequena cidade no Sertão da Paraíba na semana passada. Aliás, ele não, a macaxeira 32 quilos que plantou e colheu no sítio em que mora.

O alimento foi colhido há oito dias no Sítio Várzea da Cruz, no município de Boa Ventura. De tão pesado, o agricultor não conseguiu colher o legume sozinho. Ele precisou de um amigo para tirar a macaxeira inteira da terra.

Nascido e criado na agricultura, aos 58 anos de idade, Sebastião disse que já tinha visto macaxeiras de tamanho semelhante no roçado. Mas foi a primeira vez que fez uma pesagem e também registros do momento, que ele encarou como uma brincadeira.

“A reação [dele e também dos conhecidos] foi muito boa. Ficou todo mundo admirado”, disse ele orgulhoso do trabalho suado, mas recompensador.

A primeira coisa que o agricultor fez foi levar o alimento gigante para casa em um carro de mão. Depois, enviou as fotos da colheita farta para os filhos, que moram em Pedra Branca.

E quando a história se espalhou pela vizinhança, difícil foi encontrar alguém que não quisesse um pedaço da macaxeira para cozinhar e comer no jantar. Generoso, Sebastião que mora apenas com a companheira, dividiu o legume entre amigos e familiares.

“Deu pra mais de 10 famílias”, relatou.

Quem ajudou na colheita e garantiu algumas refeições foi Adailton Pereira, amigo de Sebastião, que costuma ajudar o agricultor nas tarefas do roçado.

“Ajudo a plantar, colher e comer”, brincou o amigo.

Além de grande, ele também garantiu a qualidade da macaxeira.

“Tava boa. Tava de primeira mesmo, gostosa demais”, reforçou.

Do g1 Paraíba
Publicada por F@F em 30.10.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.