Header Ads

Presente pela adesão; filha e cunhada de Gerson do Gesso ‘estão empregadas’ na PMG

Vereador, eleito pela oposição, declarou apoio a deputado estadual Camila Toscano

Vereador Gerson do Gesso, PDT (Foto: Reprodução)
Guarabira (PB) - Depois de ter sido eleito no grupo de oposição encabeçado pelo então candidato a prefeito Antonio Teotônio (PDT), o vereador Gerson Cândido de Farias (Gerson do Gesso) não aguentou muito tempo longe  do poder e decidiu aderir ao bloco do prefeito de Guarabira, Marcus Diôgo (PSDB), recebendo como presente a indicação de empregos na administração municipal.

Conforme informações repassadas à editoria de Fato a Fato, os “empregos” dados à Gerson do Gesso não foram para correligionários ou eleitores, mas em benefício de seus familiares, a exemplo de uma das filhas e da cunhada, que prestam serviços à Farmácia do IAPM (Instituto de Assistência e Previdência do Município).

Gerson foi eleito pela oposição, mas logo ingressou no bloco denominado de “Centrão” na Câmara Municipal de Guarabira. O grupo é autodenominado de “independente”, mas tem votado as matérias de interesse da Prefeitura Municipal, a exemplo do projeto da zona azul que vai cobrar por estacionamento em vários setores da cidade.

O líder do “Centrão” na Câmara Municipal de Guarabira é o vereador Saulo Fernandes (Saulo de Biu – MDB). O bloco tem ainda como integrantes Gerson do Gesso, Marcelo Bandeira (PDT), José Antonio de Lima (Zé do Empenho – PDT) e Ramon Menezes (MDB).

Apoio político – O vereador Gerson do Gesso declarou, recentemente, apoio a deputada Camila Toscano (PSDB), que vai disputar a reeleição. Pelos “empregos” dados a seus familiares, há fortes indícios de que Gerson também esteja apoiando a administração do prefeito Marcos Diôgo.

Da Redação/Fato a Fato
Publicada em 26.11.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.