Header Ads

Desvio de verba para Covid pode chegar a R$ 300 milhões, aponta CGU

O ano de 2020 alcançou maior número de operações da série histórica, com 97 operações, sendo 47 relacionadas a verbas para pandemia

Desvio é considerado alto (Foto: Vinicius Schmidt/Metrópoles)
Brasília (DF) - Levantamento realizado pela Controladoria-Geral da União (CGU) aponta o desvio de R$ 299,6 milhões dos recursos destinados pela União aos estados e municípios para combate à Covid-19. Contudo, se somado a verbas destinadas a outros fins, o prejuízo pode chegar a R$ 753 milhões.

Segundo estudo obtido pela CNN Brasil, o ano de 2020 alcançou o maior número de operações anticorrupção da série histórica, desde 2003, com 97 operações, das quais 47 relacionadas a verbas para o enfrentamento à Covid. Em 2021, ocorreram mais 57 operações, sendo 31 relacionadas a recursos para combater a pandemia.

O ministro da CGU, Wagner Rosário, disse à emissora que o acompanhamento da aplicação dos recursos públicos destinados à Covid-19 nos estados e municípios e também na União foi reforçado. O montante analisado pelas operações nas contratações e licitações com dinheiro da Covid é de R$ 4,1 bilhões.

“Queríamos evitar todo e qualquer tipo de desperdício, infelizmente não foi possível. As investigações demonstraram, em alguns casos, fortes indícios de corrupção e de mau uso de recursos públicos”, disse Rosário.

De 2019 a novembro de 2021, a controladoria realizou 210 operações especiais com o objetivo desarticular organizações criminosas especializadas em desviar recursos públicos mediante corrupção passiva e ativa, advocacia administrativa e lavagem de dinheiro.

Do Metrópoles
Publicada por F@F em 13.12.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.