Header Ads

AO MAISTV! “Tenho minha consciência tranquila”, diz João sobre Operação Calvário

Segundo o governador, a sua vida e de toda família “foi revirada pelo avesso” e “nada foi encontrado pelos investigadores

Governador João Azevêdo concede entrevista à Rede Mais na Granja Santana, em João Pessoa (Foto: MaisPB)
João Pessoa (PB) - Deflagrada em dezembro de 2018 pelo Ministério Público do Rio de Janeiro em parceria com o Ministério Público da Paraíba, a Operação Calvário investiga o desvio de recursos públicos destinados à Saúde e Educação durante os governos de Ricardo Coutinho (PT) à frente da Prefeitura de João Pessoa e do Governo da Paraíba.

O governador João Azevêdo (Cidadania), que foi alvo de buscas e apreensão no início da gestão, disse em entrevista exclusiva à Rede Mais, que não “tem nenhuma relação” com as acusações. O nome de Azevêdo foi citado recentemente em uma suposta delação premiada do ex-secretário de Saúde Waldson de Souza. João afirmou “não temer” este episódio.

“Não tenho essa preocupação. As pessoas imaginam que não houve investigação com relação à minha postura, claro que houve. Onde você tem uma gravação que cita meu nome, uma gravação com eu participando, onde tem que tenho contas ocultas, onde eu sou sócio oculto? Absolutamente nada”, enfatizou.

Segundo o governador, a sua vida e de toda família “foi revirada pelo avesso” e “nada foi encontrado pelos investigadores, seja por parte do Ministério Público da Paraíba, do Ministério Público Federal ou pelo Superior Tribunal de Justiça.

“Não é que eu queira ser melhor, mas acredito que serviço público não é para isso. Talvez isso incomode muita gente. Eu sei o que eu passei, de ter minha vida revirada. Eu tenho a consciência tranquila com relação à essa questão de Operação Calvário. Isso talvez incomode muita gente”, frisou.

Assista ao vídeo completo da entrevista/Crédito: MaisTV

Do MaisPB
Publicada por F@F em 03.01.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.