Header Ads

Atleta do Manchester é preso por agredir e estuprar namorada

Clube divulgou nota dizendo repudiar qualquer violência e que vai esperar resolução dos fatos; em vídeo, Mason Greenwood estaria supostamente tentando forçá-la a fazer

Jogador Mason Greenwood (Foto: Lance)
São Paulo (SP) - O jogador do Manchester United Mason Greenwood, de 20 anos, que está sendo acusado pela namorada de violência doméstica, foi detido para interrogatório nesse domingo pela polícia da cidade. Harriet Robson divulgou na manhã deste domingo, em suas redes sociais, imagens fortes de escoriações pelo corpo e com a boca sangrando, além de um vídeo onde o atleta estaria tentado fazer com que ela tivesse relações sexuais com ele. A informação foi publicada inicialmente pela ESPN.

CONFIRA: Veja imagens da agressão

A polícia local divulgou nota oficial afirmando que está apurando os fatos. O Manchester United decidiu suspender Mason Greenwood de todas as atividades, como jogos ou treinamentos.

"A polícia da Grande Manchester está ciente das imagens e vídeos que circulam nas mídias sociais. As investigações estão em andamento para estabelecer as circunstâncias completas", disse a polícia.

Dois policiais estiveram na casa da namorada de Greenwood para colher o depoimento com o objetivo de que as investigações continuem. Atletas e políticos da Inglaterra declararam apoio à Harriet Robson após a exposição dos fatos.

O pai da jovem afirmou que ela estaria "completamente devastada" e se sentiu arrasado após o jogador estar na família há mais de dois anos.

Em 2020, Mason Greenwood já havia sido foco de uma polêmica quando defendia a seleção inglesa. No auge da pandemia da covid-19, o atacante do Manchester United e Phil Foden levaram duas mulheres para o hotel em que a equipe estava hospedada na Islândia durante as Eliminatórias para a Copa do Mundo. O atleta foi expulso da concentração e mandado de volta para casa.

Por Isto É
Publicada por F@F em 31.01.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.