Header Ads

Roberto Paulino revela que Veneziano não vetou convite para João se filiar ao MDB

Secretário Chefe do Governo defende manutenção de aliança entre o MDB e o governador João Azevêdo

Secretário Roberto Paulino, na condição de vice-presidente estadual do MDB, trabalha pela manutenção da aliança com o governador (Foto: Reprodução)
João Pessoa (PB) - O ex-governador da Paraíba e atual secretário-chefe de Governo, Roberto Paulino (MDB), revelou durante entrevista ao programa Rede Verdade, do Sistema Arapuan de Comunicação nesta sexta-feira (4), que sugeriu ao atual presidente da legenda, o senador Veneziano Vital do Rêgo, que ele faça um convite ao governador João Azevêdo (Cidadania) para se filiar a legenda emedebista e ponha fim ao imbróglio entre os dois. O entendimento seria uma candidatura própria do MDB, porém, encabeçada pelo o atual chefe do Executivo paraibano.

Ao ser questionado sobre a resposta do senador, Roberto Paulino apontou que Veneziano não vetou a possibilidade ao reagir de forma cautelosa e sugerir um novo encontro entre eles, desta vez com participação do próprio secretário-chefe de Governo e do deputado Raniery Paulino (MDB). “Eu cheguei a sugerir ao senador Veneziano; vamos convidar João Azevêdo a se filiar ao MDB. Eu falei por mim, não falei em nome de João. É o que eu espero, um MDB forte”, disse.

“Ele [Veneziano] foi cauteloso. Ele está cauteloso e até sinto que quem cala consente. Se ele dissesse, ah, não quero, isso é uma coisa [veto]. Se ele desconversou, se admitiu uma outra reunião, sugeri inclusive que ela fosse comigo e o deputado Raniery e João Azevêdo é outra. Eu vejo que isso pelo menos é uma esperança. Eu não quero dizer agora que ele não é candidato, não é isso, mas também digo e afirmo que existe uma esperança desse acordo, desse entendimento”, pontuou.

Do Paraíba.Com.Br
Publicada por F@F em 05.02.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.