Header Ads

Temporal em Petrópolis deixa 111 mortos; Polícia Civil confirma 116 desaparecidos

Dos 101 corpos que estão no Instituto Médico Legal (IML), 65 são de mulheres e 36 de homens. Desses, 13 são menores. Ao todo, 33 corpos foram identificados. No fim da tarde, voltou a chover forte na região, e as buscas a desaparecidos foram suspensas

Rastro da devastação causada pela chuva no Morro da Oficina, no Alto da Serra, em Petrópolis (Foto: Marcos Serra Lima/g1)
Rio de Janeiro (RJ) - O número de mortos em Petrópolis após a tempestade de terça (15) chegou a 111 até as 18h10 desta quinta-feira (17). Dos 101 corpos que estão no Instituto Médico Legal (IML), 65 são de mulheres e 36 de homens. Desses, 13 são menores. Ao todo, 33 corpos foram identificados. Veja quem são algumas das vítimas já reconhecidas.

CONFIRA: Matéria completa aqui

O tempo permanece instável em Petrópolis. Às 17h40, voltou a chover forte. A Defesa Civil acionou as 14 sirenes do primeiro distrito, para aviso de previsão de chuva forte na região. Por causa do mau tempo e do terreno instável, as buscas a desaparecidos foram suspensas para garantir a segurança das equipes.

Também nesta tarde, um novo deslizamento provocou a evacuação do bairro 24 de Maio. Uma moradora contou que uma barreira passou a um palmo da casa dela.

Segundo a Polícia Civil, foram feitos 116 registros de desaparecimentos, mas não se sabe quantos desses já foram encontrados.

Segundo a Secretaria Estadual de Defesa Civil, 24 pessoas foram resgatadas com vida e 705 pessoas foram encaminhadas para os 33 pontos de apoio montados na cidade em igrejas e escolas da rede pública municipal.

Entre os sobreviventes, os rodoviários que trabalhavam nos dois ônibus que foram arrastados para dentro do rio Quitandinha conseguiram sair dos veículos com vida. A informação foi divulgada pelo Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Petrópolis (Setranspetro) nesta quinta-feira (17).

Do g1
Publicada por F@F em 17.02.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.