Header Ads

ASSISTA! Deputado Raniery cobra da Sudene a reinserção de 10 cidades do Brejo no semiárido

Para o parlamentar, trata-se de uma medida equivocada, injusta, desigual, que retira diversos benefícios, inibindo políticas públicas

Deputado Raniery Paulino (Foto: Reprodução)
Guarabira (PB) – O deputado Raniery Paulino (Republicanos), em vídeo divulgado nas redes sociais, voltou a cobrar da Sudene (Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste) a reinserção de dez cidades do Brejo paraibano no semiárido brasileiro. 

O Conselho Deliberativo da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) publicou a Resolução 150/2021, alterando a delimitação da região semiárida brasileira, excluindo 50 municípios, dentre eles 10 municípios paraibanos: Lagoa de Dentro, Borborema, Serra da Raiz, Serraria, Sertãozinho, Cuitegi, Duas estradas, Pilões, Pilõezinhos e Pirpirituba.

Para o deputado, trata-se de uma medida equivocada, injusta, desigual, que retira diversos benefícios, inibindo políticas públicas. Os municípios excluídos do semiárido enfrentam um período de seca prolongada, desabastecimento de água, sendo socorridos através de carros pipa. Todos os dias a imprensa estadual relata o sofrimento das famílias, provocado pela ausência de chuvas.

- Portanto, a Sudene precisa reparar esse desacerto, uma vez que os 10 (dez) municípios paraibanos atendem aos critérios técnicos e científicos em vigência, cuja deficiência hídrica é pública e notória – afirmou o deputado Raniery Paulino.

Através das redes sociais, o deputado Raniery apelou: “Nesse contexto, apelamos para que Banca de Deputados Federais do Estado da Paraíba envide esforços visando a revisão do novo Mapa do Semiárido brasileiro, a fim de corrigir os estranhos critérios de corte dos municípios paraibanos, sobretudo pela não adoção desse mesmo método para outras jurisdições com as mesmas características, permanecendo na lista atual de inclusão do semiárido”.

Veja vídeo com fala de Raniery Paulino

Da Redação/Fato a Fato
Publicada em 04.03.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.