Header Ads

ASSISTA! Nos pênaltis, Fluminense é eliminado da Libertadores pelo Olimpia

Recalde e Paiva marcam no tempo normal, e goleiro Olveira vira herói nas penalidades máximas. Flu vai ter que se contentar com a Copa Sul-Americana

Flu é eliminado nos pênaltis (Foto: Nathalia Aguiar/EFE)
Rio de Janeiro (RJ) - Para quem esperava o Fluminense favorito, pelo que jogou e a boa vantagem que construiu no Rio de Janeiro, o Olimpia mostrou que Libertadores não se ganha de véspera. O Tricolor não foi ao Defensores del Chaco para jogar, se retrancou durante os 90 minutos e foi castigado pelos paraguaios, que ganharam por 2 a 0 com gols de Recalde e Paiva. Placar que reverteu a desvantagem e levou a disputa para os pênaltis, onde o goleiro Olveira, que é reserva, virou herói. Enquanto Willian Bigode e Felipe Melo pararam no goleiro, o "Rei de Copas" converteu todas as quatro cobranças e segue para a fase de grupos, em busca de sua quarto título. Eliminados, os brasileiros vão para a Sul-Americana.

CONFIRA: Veja os gols da partida e as cobranças de pênaltis

Virou carrasco

O Olimpia confirmou a fama de algoz do Fluminense. O time paraguaio já havia eliminado o Tricolor na Libertadores de 2013 e volta a repetir a dose nove anos depois. No retrospecto geral do confronto, os paraguaios somam duas vitórias, um empate e uma derrota.

Revolta tricolor

Os jogadores do Fluminense saíram na bronca com a arbitragem por um gol anulado de David Braz no início do jogo, quando o placar ainda estava 0 a 0. Após cruzamento, a defesa paraguaia afastou, e a bola bateu no zagueiro tricolor. O árbitro chileno Roberto Tobar assinalou toque de mão no lance, para revolta do camisa 44: "O árbitro foi muito infeliz de anular um gol legítimo, no qual não pegou no meu braço, pegou no meu peito. Todo mundo viu, uma vergonha o que ele fez".

Do g1
Publicada por F@F em 17.03.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.