Header Ads

Pedro diz que saída de Efraim do governo ‘facilita espaço para aproximação’

O secretário de Agricultura Efraim Morais, entregou ao governador carta com pedido de exoneração

Pedro Cunha Lima (Foto: Blog do Levi/Diário do Sertão)
João Pessoa (PB) - O deputado federal Pedro Cunha Lima, pré-candidato ao Governo da Paraíba pelo PSDB, afirmou, nesta sexta-feira (25), que a saída do ex-senador Efraim Morais (União Brasil) do governo João Azevêdo (PSB) abre caminho para uma possível aliança de tucanos com Efraim Filho, pré-candidato ao Senado pelo União Brasil.

“Existe um ambiente que torna esse diálogo mais favorável, porque existe uma afinidade e intenção de trabalho. Vamos dar sequência a essa aproximação”, disse Cunha Lima à Rádio Correio FM.

Aliados de Pedro, a exemplo do ex-senador Cássio Cunha Lima, trabalham nos bastidores buscam atrair o grupo de Efraim para ter o Efraim Filho como candidato ao Senado na chapa do tucano.

Exoneração de Efraim Morais 

O secretário de Agricultura Efraim Morais, entregou ao governador carta com pedido de exoneração. Na carta, Efraim agradeceu pela oportunidade de contribuir com o Estado da Paraíba.

“Cargo que exerci com abnegação, lealdade e parceria, pautado nas diretrizes do serviço público estadual, momento em que agradeço pela convivência respeitosa durante todo esse período”, avaliou Efraim.

Morais afirmou ao governador que o gesto significa liberdade e independência para a tomada de decisão que o União Brasil terá sobre as definições de chapa majoritária, já que tem a pré-candidatura de Efraim Filho ao Senado federal posta como prioridade do partido nas eleições 2022.

Do MaisPB
Publicada por F@F em 25.03.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.