Header Ads

OUÇA! Teotônio alerta para licitação de R$ 19 milhões da PM de GBA com clínica particular

Prefeitura homologa licitação de R$ 19 milhões com clínica particular em Guarabira: "maior licitação da história"

Advogado Antonio Teotônio (Foto: Reprodução)
Guarabira (PB) - Nesta quinta-feira (19), em entrevista na Guarabira FM, o advogado Teotônio (PSB) chamou a atenção da opinião pública e questionou uma licitação de R$ 19.800.000,00 (dezenove milhões e oitocentos mil) da Prefeitura de Guarabira com uma clínica particular no município. “Com esse dinheiro, eu faria dois hospitais”, expressou.

CONFIRA! Ouça áudio aqui

Para o entrevistado, baseado em dados e considerando que no ano passado a gestão pagou para a mesma clínica R$ 968.000 mil, a licitação atual é “eleitoreira”. “Tem alguma coisa errada não tem? (…) Como é que nós temos a maior reclamação sobre a Saúde de Guarabira e você tem licitado 19 milhões e oitocentos mil?”, acrescentou.

“Eu acho que é a maior licitação da história de Guarabira (…). Agora eu quero saber quem é que está recebendo este tratamento, este benefício em Guarabira, porque o que eu vejo de reclamação…”, observou.

Ao deixar uma cópia da licitação com o radialista Martins Jr, do ‘Balanço Geral’, Dr. Teotônio também lembrou que, durante a campanha eleitoral, o prefeito Marcus Diogo (PSDB) desdenhava e dizia que a prefeitura não tinha recursos para construir um hospital.

“Guarabira está com os recursos mal administrados, sem planejamento”, avaliou o advogado. Além dos R$ 19 milhões para uma clínica, ainda há valores licitados para outras clínicas na cidade, conforme o mesmo documento.

Dr. Teotônio foi candidato a prefeito e teve uma votação expressiva. Oposição a gestão de Marcus Diogo, ele é aliado e defende a reeleição do governador João Azevedo. Recentemente, Teotônio declarou apoio a pré-candidatura de Célio Alves e Gervásio Maia, para deputado estadual e federal, respectivamente.

Do Caderno de Matérias
Publicada por F@F em 22.05.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.