Header Ads

Radialista catoleense é encontrado morto no seu apartamento em Sousa

Noaldo Rocha começou sua trajetória no rádio, na então Independência AM, emissora de Catolé do Rocha

Noaldo era natural de Catolé do Rocha (Foto: Reprodução)
Catolé do Rocha (PB) - Mais uma notícia triste pega todos os catoleenses de surpresa. O radialista Noaldo Rocha, que era natural de Catolé do Rocha, é encontrado morto, no início da noite desta segunda-feira (02 de maio), em cima da cama no apartamento onde ele morava na cidade de Sousa, Sertão da Paraíba.

De acordo com as primeiras informações repassadas pelos colegas da Rádio Progresso FM, onde o radialista trabalhava há anos, ele não teria ido apresentar o programa dele na tarde desta segunda-feira, o que levou os colegas a ir até o seu apartamento.

Ainda segundo as informações preliminares repassadas pelo Sargento PM G Mendes, Noaldo foi encontrado já sem vida, em cima da cama, e a provável causa da morte pode ter sido um enfarte fulminante.

Trajetória do radialista

Noaldo Rocha começou sua trajetória no rádio, na então Independência AM, emissora de Catolé do Rocha, terra natal do comunicador. O início da carreira foi no programa Momento Esportivo, ao lado de Ricardo Brilhante, Pedro Neto e Humberto Vital.

Na Rádio Independência atuou como plantonista e repórter esportivo, apresentador de programas disk jockey e de Brega, mas foi no Patrulha Policial que ele marcou história no rádio catoleense, e devido ao sucesso alcançado, migrou para a cidade de Sousa, onde foi trabalhar na então Rádio Progresso AM, e depois Progresso FM, até os dias atuais.

Na Rádio Progresso, seja na AM ou FM, fez sucesso com o programa Patrulha Policial, mas tornou-se imensamente popular, e conhecido em toda região de Sousa, com o programa Carrossel do Brega.

Noaldo Rocha deixa um casal de filhos.

Do CATOLÉ NEWS/Pelo repórter Humberto Vital
Publicada por F@F em 03.05.2022

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.